terça-feira, 1 de abril de 2014

Secom lança hotsite alusivo aos 50 anos da instalação da Ditadura no Brasil

A Secretaria de Estado da Comunicação (Secom) lançou nesta terça-feira, 1º, o hotsite  ‘Memórias da Ditadura em Sergipe’, alusivo aos 50 anos da instalação do regime militar no Brasil. Nessa iniciativa inédita, as cortinas do passado são abertas e criam-se as condições para que o leitor conheça a história de sergipanos que fizeram parte desse momento que marcou para sempre o Brasil.

Sergipe não pode esquecer que a conquista da democracia foi feita à custa de muitas lutas e muitas vidas. Para o secretário de Estado da Comunicação, Carlos Cauê, o hotsite se junta a um conjunto de manifestações que o Brasil tem feito no sentido de relembrar e manter viva na memória do povo brasileiro as dificuldades que significaram os 21 anos de ditadura no país.

“É uma memória dura, difícil, triste que o Brasil não quer esquecer, quer manter viva a lembrança desses tempos difíceis para nunca mais o país voltar a viver esse tipo de experiência”, destacou Cauê.

“Possibilitando o acesso às informações sobre os fatos políticos do País, reencontramos nossa história, formamos nossa identidade e damos um passo para construir a nação que sonhamos”, complementou o secretário.

No endereço eletrônico http://memoriasdaditadura.agencia.se.gov.br você conhecerá as pessoas que lutaram por uma democracia plural, mais justa e livre. O primeiro entrevistado é Bosco Rolemberg. Nos próximos dias serão contadas as histórias de Wellington Mangueira, Benedito Figueiredo, João Gama, Laura Marques e o governador Jackson Barreto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário