sábado, 5 de abril de 2014

PHS apoiará pré-candidaturas de André Moura e Eduardo Amorim

A cada dia o Projeto Novo Tempo, Novo Sergipe do Partido Social Cristão (PSC) ganha mais adeptos. Na tarde de sexta-feira, durante a Plenária Estadual do Partido Humanista da Solidariedade (PHS), o atual presidente do diretório, Adelson Alves, declarou apoio aos pré-candidatos a governador, Eduardo Amorim e deputado federal André Moura. 


A aliança foi organizada pelo presidente estadual do PSC, André Moura, em conversa com o líder do PHS, João Nascimento. "Quando disse que precisávamos de um motivo André ficou calado e, em seguida, trouxe Eduardo até mim e respondeu apenas: 'Este é o motivo! Um homem que trabalha, que não é politico de carreira e tem um profundo desejo de mudanças'. Como esse é o desejo do PHS, resolvemos somarmo-nos à luta", explicou.

Presentes estavam os deputados estaduais Capitão Samuel, Venâncio Fonseca e Zeca da Silva, o suplente de senador Kaká Andrade, vereadores Alik (Rosário do Catete), Décio Neto (Carmópolis), o presidente nacional e o secretário-geral, do PHS, Eduardo Machado e Luís França, respectivamente, o vice-presidente do PSC Jovem nacional, Iggor Oliveira e Antônio Leite (PV).

Durante a Plenária, que apresentou as principais diretrizes partidárias para as próximas eleições, ocorreu a posse do novo presidente estadual Adelson Alves, da presidente do PSC Mulher, Farahide Diniz e da presidente da JPHS, Delaine Moreira. Ainda no evento, João Nascimento fez questão de declarar apoio ao líder André Moura para o pleito de 2014 em qualquer situação. "Caso ele seja candidato a senador ou ainda que dispute a reeleição como deputado federal, ele terá nosso apoio", destacou.

André Moura agradeceu a confiança e disse que só pode retribuir trabalhando. "Todos os dias trabalho para ajudar na construção de um Sergipe melhor. Vou à Câmara Federal e defendo nosso Sergipe, brigo por mais recursos para nossos municípios. É assim que agradeço ao João Nascimento, ao PHS, e a cada um dos votos que recebi em 2010. Me indignando com o que aí está, com desgovernos, com a falta de gestão é com o caos que Sergipe e o Brasil vivem".

Também o senador Eduardo Amorim agradeceu o apoio dado à sua pré-candidatura. "Ver o desejo de transformação, o pedido de toda a sociedade para que a mudança se torne real aumentar a cada dia nos motiva a seguir em frente. Não tem como cruzar os braços e assistir Sergipe se desfazer, contraindo dívidas e mais dívidas. Enquanto milhões são gastos com propagandas pelo Governo as pessoas estão morrendo no hospital, cidadãos têm suas vidas ceifadas e perdem seus pertences por causa do aumento da criminalidade e o baixo efetivo policial. Não podemos aceitar essa perversidade". concluiu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário