sexta-feira, 4 de abril de 2014

João anuncia hoje decisão sobre candidatura ao governo do estado


Por MAX AUGUSTO


Deve terminar hoje o mistério sobre a candidatura do prefeito de Aracaju, João Alves Filho (DEM), ao governo de Sergipe. Logo mais às 8 horas da manhã, no auditório do CDL, na rua Santa Luzia, o prefeito concederá uma entrevista coletiva à imprensa, onde irá informar a decisão que tomou sobre o seu futuro político. A resolução de João Alves pode definir a corrida eleitoral pelo governo, este ano.




A decisão de João deverá afunilar o quadro político, que ainda está muito indefinido – não se sabe quem sairá com quem. Caso deseje candidatar-se ao governo do estado, especula-se que o senador Eduardo Amorim (PSC) desista da candidatura e apoie João. Amorim já disse várias vezes que sua candidatura é irreversível, mas vários aliados de João afirmam que não é bem assim, que uma composição é possível.



Lançando-se na disputa governamental, João também deve tentar atrair para si o apoio do senador Antônio Carlos Valadares (PSB) e seu grupo político. Fala-se que Alves poderia oferecer a vaga de vice ao deputado Valadares Filho (PSB). Há ainda quem conte com a possibilidade de uma chapa abrigando João Alves candidato ao governo; Valadares Filho como vice e André Moura na disputa pelo Senado.



Ainda que não esteja completamente descartada, a possibilidade essa remota. Primeiro porque Amorim já disse e repetiu diversas vezes que sua decisão de candidatar-se ao governo já está tomada. Recuar poderia ser uma desmoralização na política, demonstração de enfraquecimento. Além disso, Valadares divulgou em suas redes sociais que nunca estaria aliado ao PSC. Sobre João Alves, o líder do PSB disse também que não vem conversando com o prefeito sobre política.



Especulações

João esteve ontem em Brasília, onde manteve reuniões com a cúpula do seu partido, o Democratas. Vários boatos circularam sobre um possível vazamento da decisão de João, mas nenhum parecia confiável. Todo mundo em Aracaju parecia possuir uma “informação dada por alguém muito próximo a João”, mas todas elas eram extremamente desencontradas.


Certo é que uma parte dos seus aliados o estimula a sair candidato, vendo grande potencial eleitoral – afinal, apesar da queda nos índices de preferência no eleitorado, João Alves ainda lidera todas as pesquisas que vem sendo divulgadas. Já outros, incluindo aí alguns familiares, são contra, acham que ele deve permanecer para concluir o mandato que lhe foi confiado pela população da capital.


Ainda no início desta amanhã será esclarecido de uma vez por todas um dos assuntos mais comentados e especulados da política Sergipana. Como o prefeito é conhecido por deixar para anunciar sempre em cima da hora suas decisões políticas, é dado como certo que ele não deva dizer mais nada sobre seus posicionamentos em relação a 2014: ou seja, nada sobre alianças, chapas e partidos. Esses serão os próximos alvos das boatarias – quem João vai apoiar ou quem vai apoiar João.

Nenhum comentário:

Postar um comentário