quarta-feira, 9 de abril de 2014

"Aracaju precisa de Plano Diretor de Arborização Urbana", diz Iran



Usando a tribuna da Câmara de Aracaju na manhã desta quarta-feira, 9/4, o vereador Iran Barbosa, do PT, cobrou da administração municipal a implementação, na Capital, de um Plano Diretor de Arborização Urbana, sobre o qual o petista já havia dialogado, em junho do ano passado, com o secretário de Meio Ambiente, Eduardo Matos. Iran também apresentou e teve aprovado, no âmbito do legislativo municipal, a indicação 546/2013, solicitando do Poder Executivo que, através da Empresa Municipal de Serviços Urbanos – Emsurb, providencie a elaboração do referido plano, com o objetivo de melhorar a qualidade de vida dos aracajuanos e as condições ambientais da cidade, ampliando a sua área verde. No entanto, a proposta não foi posta em execução.


“É fato que Aracaju é uma cidade com a cobertura verde muito pequena, na proporção do que seria realmente necessário para a população e em relação aos parâmetros estabelecidos pela ONU e pela Organização Mundial de Saúde. Não temos estudos mais aprofundados sobre isso. Precisamos tê-los. E isto passa pela elaboração de um Plano de Arborização municipal”, apontou.

No último dia 2/4, a Prefeitura lançou o Programa de Arborização de Aracaju, que iniciou o plantio de várias mudas de árvores pela cidade, com a estimativa de se plantarem 55 mil até o final de 2016, 10 mil delas já este ano. A iniciativa foi elogiada pelo petista. No entanto, Iran ressaltou que é preciso saber quais as áreas da cidade que serão beneficiadas e como vai se dar o plantio e acompanhamento dessas mudas.

“Muitas vezes nos deparamos com números que são lançados ao vento, promessas que são feitas à população e depois são esvaziadas e não se concretizam. Entendo que precisa haver um trabalho muito mais amplo, inclusive de conscientização da população, e acompanhamento por parte da administração sobre o plantio das mudas”, ressaltou, cobrando da Prefeitura campanhas publicitárias voltadas para educar a população quanto à necessidade de preservação do que foi plantado.

“Não dá pra termos somente campanhas publicitárias com o interesse de divulgação das marcas do governo. Temos que ter campanhas educativas para a população. Estas terão o meu total apoio aqui”, disse.

Para o petista, a situação da baixa cobertura vegetal de Aracaju precisa de solução a longo prazo, com adoção de uma política de Estado que cumpra com o objetivo de apontar onde há necessidade de mais ou menos arborização e planejar com mais eficácia o plantio, manejo e preservação das mudas.

“Precisamos de um Plano Diretor de Arborização, evidentemente, vinculado a uma discussão muito maior, que é a do Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano. Foi o que reivindiquei ao secretário Eduardo Matos e fiz indicação neste sentido. O que temos é um programa governamental de arborização, que sequer veio para ser discutido nesta Casa, e não um plano, que é uma política de Estado de longo prazo e que deve ser discutido e debatido com a população, que pode apontar onde é maior a necessidade de plantio de árvores”, enfatizou o parlamentar.

Resultados
A cobrança do vereador Iran Barbosa surtiu efeito. O vereador Josenito Vitali (DEM), da bancada do governo, concordou que é preciso trazer para a Câmara os detalhes do Programa de Arborização lançado pela prefeitura para que os demais parlamentares conheçam a proposta. O presidente da Câmara, Vinicius Porto (DEM), tomou a iniciativa de entrar em contato com o secretário municipal de Meio Ambiente, Eduardo Matos, para expor a solicitação feita pelo petista. Segundo Porto, o secretário se comprometeu em enviar até a sexta-feira, 11/4, para todos os vereadores, o projeto de arborização que está sendo executado pela Prefeitura de Aracaju.

Nenhum comentário:

Postar um comentário