quinta-feira, 27 de março de 2014

Vereadora cobra mais ação da SSP no combate aos crimes no Estado

Durante a sessão desta quinta-feira, 27, na Câmara Municipal de Aracaju, a defensora pública e vereadora Emília Correa (DEM) mostrou-se bastante preocupada com os índices alarmantes de homicídios em Sergipe e cobrou mais comprometimento da Secretaria de Estado da Segurança Pública.


Emília Correa lembrou que os jornais divulgaram nos últimos quatro dias 36 assassinatos. “É um número bastante preocupante comparado a um Estado pequeno como Sergipe. Qualquer um de nós pode ser vítima, o que comprova a vulnerabilidade com a falta de segurança. A sociedade clama por uma resposta concreta na solução do problema”, disse.

Para a democrata, o município tem cumprido o seu papel através da Guarda Municipal. “A prefeitura vem atuando na segurança dos aracajuanos equipando a Guarda Municipal e disponibilizando um grande efetivo, o que necessariamente e legalmente falando não tem essa função, mas graças a Deus está dando resultado”, destacou.

Emília Correa criticou o acesso às armas de fogo.  “Na última sexta-feira oito pessoas foram mortas por arma de fogo. Se um homem de bem quiser adquirir uma arma para se defender não consegue em virtude da burocracia, enquanto os criminosos têm acesso fácil. É preciso que as autoridades se somem no combate aos crimes, pois essa situação tem deixado a população insegura dentro de suas casas. É importante ressaltar que na Constituição a segurança pública é dever do Estado e responsabilidade de todos”, frisou.  


Ainda, de acordo com Emília Correa, a maioria dos crimes está ligada as drogas. “Lamentavelmente, 90% da violência está ligada às drogas. O tráfico de entorpecentes ocupa os quatro cantos durante o dia e noite bem debaixo do nariz das autoridades. Todos sabem, mas não têm coragem de denunciar”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário