terça-feira, 11 de março de 2014

PSB não seguirá a pauta dos nervosos e apressados, diz Valadares

”É ter calma para que a nossa decisão seja boa para o povo e para o PSB. Ela não pode ser pautada na vontade de uns poucos nervosos e apressados”. O recado foi dado pelo senador da República, Antonio Carlos Valadares, na manhã desta segunda-feira, 10/03, em seu perfil nas redes sociais.


O senador reafirma o compromisso do PSB/SE com a candidatura nacional do partido e adianta que a sigla, em Sergipe, se manterá coerente com os compromissos assumidos com a executiva nacional.

“No Brasil os partidos políticos têm legitimidade para tomar decisões’, reconheceu, acrescentando que o PSB nacional tem uma diretriz sobre sucessão e alianças nos Estados. Mas, por ser o PSB um partido democrático, aliança diferente, em qualquer Estado, poderá ser proposta, mas terá que ser submetida a votos na Executiva Nacional”, esclareceu o senador.

Já no último sábado, Valadares revelou conversa recente que manteve com o presidente nacional do partido, o presidenciável Eduardo Campos, atual governador de Pernambuco.

“Ontem à tarde (sexta-feira, 07/03), falei com o presidente do nosso partido, Eduardo Campos, e ele me reafirmou que as alianças do PSB nos Estados terão que manter coerência com a pré-candidatura nacional”.

O senador deixou claro que, em Sergipe, ou o PSB lança candidato próprio em aliança com outros partidos, ou se une a outros partidos cujo pré-candidato ao governo apóie a Eduardo Campos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário