quinta-feira, 6 de março de 2014

Médicos cubanos desembarcam em Aracaju

Vinte e quatro médicos cubanos desembarcaram no Aeroporto de Aracaju nesta quarta-feira de Cinzas. O grupo seguirá para 14 municípios onde irá trabalhar logo após o momento de acolhimento e capacitação e vai se somar aos outros 78 médicos do Programa Mais Médicos que já atuam no Estado. Um outro médico deverá desembarcar em Aracaju nos próximos dias.

"Espero poder trabalhar muito para que se cumpra o nosso objetivo que é o de levar saúde ao povo brasileiro e em especial ao de Rosário do Catete, para onde eu vou", disse o médico Joaquim Escalona. "Minha expectativa é melhorar a saúde dos pacientes do Brasil", complementou Jany Jumiley Rilprada, que, assim como Joaquim Escalona, seguirá para Rosário do Catete.
Os 24 médicos seguirão para 14 municípios: Capela, Rosário do Catete, Carira, Tobias Barreto, São Domingos, Tomar do Geru, Simão Dias, Cedro de São João, Propriá, Neópolis, Salgado, Santana do São Francisco, São Francisco e Umbaúba.
O Programa Mais Médicos foi lançado pela presidenta Dilma Rousseff em 8 de julho de 2013. Os primeiros profissionais do programa desembarcaram em Sergipe no dia 16 de setembro. Atualmente, Sergipe conta com 78 médicos nos municípios de Aracaju, Arauá, Aquidabã, Brejo Grande, Boquim, Carira, Capela, Cedro de São João, Cristinápolis, Estância, Frei Paulo, Gararu, Ilha das Flores, Japoatã, Macambira, Monte Alegre, Nossa Senhora Aparecida, Nossa Senhora da Glória, Nossa Senhora das Dores, Nossa Senhora do Socorro, Pacatuba, Pirambu, Poço Redondo, Propriá, Santa Luzia do Itanhy, Santo Amaro, São Cristóvão, Simão Dias, Tobias Barreto e Umbaúba.
Do total de médicos, 12 são brasileiros, nove são intercambistas (brasileiros que estudaram fora do país) e os demais cubanos.
O programa Mais Médicos prioriza os profissionais brasileiros e que estudaram no Brasil. Em seguida, no caso de não haver brasileiros interessados, o Governo Federal abre as vagas para os médicos intercambistas (brasileiros que se graduaram em Medicina no exterior) e para os cubanos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário