quinta-feira, 13 de março de 2014

Márcio Macêdo rebate André Moura e defende Governo Jackson Barreto

O deputado federal Márcio Macêdo (PT) considerou “uma forçação de barra” o discurso realizado pelo deputado federal André Moura (PSC), na sessão da Câmara, da última terça-feira (12), contra o governo de Sergipe. André acusou a administração estadual de “instalar o caos”.


“André Moura fez uma forçação de barra aqui em relação ao governo do meu Estado. Pegou uma manchete de jornal, que trata da perspectiva de greve de uma categoria, o que é natural no processo democrático, para falar que é vivemos num Estado de desgoverno. Isso não é verdade. Atualmente, o governo já realizou e está realizando mais de 1,5 mil obras em todos os cantos do Estado. Nos últimos oito anos, Sergipe se transformou no Estado com maior Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do Nordeste. Foi o Estado que mais combateu a miséria e reduziu os índices de pobreza”, afirmou.

Neste sentido, Márcio reconheceu que é natural que a oposição faça críticas e aponte problemas, mas frisou que não se pode faltar com a verdade. “Tem que ter limite o limite da verdade no embates políticos”, afirmou. O parlamentar disse ainda que o Estado é governado por uma coalizão forte de partidos, entre eles, o PT, o PMDB, o PSB e demais legendas da base aliada, que deram sustentação ao governo Marcelo Déda e que hoje estão ao lado do governo Jackson Barreto.

Márcio também destacou o lançamento da Orquestra Jovem de Sergipe, uma iniciativa do governo, para beneficiar crianças e adolescentes do bairro Santa Maria, em Aracaju. “O programa foi lançado neste 11 de março, uma data muito especial, porque é o dia do aniversário do governador Marcelo Déda, que se vivo estivesse, completaria 54 anos. A ação de Déda no bairro Santa Maria mudou a face daquele lugar. E o projeto Orquestra Jovem faz parte deste processo de inclusão que está transformando Sergipe”, afirmou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário