segunda-feira, 10 de março de 2014

Jackson participa do Mutirão de Assistência e Inclusão Social no Santa Maria

Para proporcionar maior assistência, serviços, cidadania e inclusão social ao povo sergipano, facilitando em especial a vida dos moradores do bairro Santa Maria, o Governo de Sergipe está promovendo, desde às 8 até às 17 horas deste sábado, 8, a segunda edição do Mutirão de Assistência e Inclusão Social (Mais). Durante toda a manhã, o governador Jackson Barreto participou do evento idealizado por ele e que reforça o compromisso do Governo de Sergipe em desenvolver atividades voltadas para atender às necessidades da população menos favorecida. O primeiro Mutirão Mais aconteceu no mês de novembro de 2013 no bairro Santos Dumont. 

Segundo o governador, o Mais tem como objetivo promover uma maior integração entre as ações do Governo e a própria sociedade.
“Hoje, escolhemos o bairro Santa Maria para esta ação do Mais, em um dia especial, o Dia Internacional da Mulher, porque nada melhor do que levar cidadania a uma área da periferia do município, justamente no local que tem o maior número de mulheres em Aracaju, que é o Santa Maria. Viemos aqui, em parceria com diversos órgãos e secretarias de Estado, prestar serviços comunitários, trabalhando, dando assistência à esta população. Todos os órgãos do Governo estão aqui investindo no cidadão, nas pessoas, na nossa gente e hoje de forma muito especial, porque todos os dias a gente diz que são das mulheres, mas hoje é um dia especial. Comemorar o Dia da Mulher em um bairro da periferia significa doar amor, mostrar carinho e respeito pelas mulheres do povo, que tanto merecem homenagens por serem nossas heroínas anônimas, que lutam e que fazem mágica para criar sua família com o mínimo de padrão de dignidade. Para elas, todas as nossas homenagens”, declarou Jackson Barreto.
Com o Mais a população da comunidade pôde contar com atendimento médico, serviços bancários, orientação psicológica e jurídica, além de atividades e oficinas recreativas. O objetivo da ação integrada é levar não só atendimento físico aos cidadãos, como também novas oportunidades na vida familiar, social e pessoal. Participam do Mutirão as Secretarias da Educação, da Saúde, do Esporte e Lazer, da Inclusão Social, do Planejamento, de Política para as Mulheres, o Banese, a Polícia Militar/HPM e a Deso, além do Sesi, Sesc e Senac.
O governador, que estava acompanhado pela coordenadora do evento e diretora-presidente da fundação Renascer, Marta Leão, pelo deputado federal Márcio Macedo, pelos deputados estaduais Garibaldi Mendonça, Zezinho Guimarães e João Daniel, e pelos secretários de Estado da Inclusão Social, Eliane Aquino, de Políticas para as Mulheres, Maria Teles, de Saúde, Joélia Santos, de Comunicação, Carlos Cauê, de Esporte e Lazer, Maurício Pimentel, assim como, pelo subsecretário de Articulação com os Municípios, Jorge Araújo, ressaltou que o Governo de Sergipe pretende ampliar as ações do Mais e lembrou ainda que, na próxima terça-feira, 11, o Governo do Estado e o Banco do Estado de Sergipe estarão inaugurando uma agência do Banese no bairro Santa Maria que levará o nome do governador Marcelo Déda.
“Queremos ampliar essas ações. Dando também uma maior assistência à juventude, promovendo palestras, debates com os jovens para melhorar sua formação cultural. Aqui, além da nova agência do Banese, que estaremos inaugurando na próxima semana, será implantada também uma Orquestra Sinfônica com bolsa de estudos para meninos e meninas do Santa Maria, uma ação da Secretaria de Estado da Cultura”, explicou.
Os jovens William Dênis, Cinthya Ranyele e Luiz Carlos, que estavam aproveitando a BiblioSesc para um momento de leitura e prática de desenho se animaram com a notícia dada pelo governador.
“Vai ser muito legal, porque já estou tentando tocar violão e agora com essa orquestra vou aprender outras coisas”, disse William, de 16 anos. “Já sei tocar alguns instrumentos de sopro, como flauta e vai ser interessante aprimorar esse conhecimento”, completou Luiz Carlos, 17 anos.
Para a estudante Cinthya Ranyele, além do belo dia proporcionado pelo Governo do Estado o governador Jackson Barreto trouxe uma boa notícia. “O dia está sendo legal, diferente, estamos tendo oportunidade de ler revistas, histórias e aprender a desenhar. Essa orquestra da qual o governador falou vai ser muito legal, pois é uma coisa a mais para aprendermos”.
Atendimentos
Na área da saúde, através do Mais, foram oferecidas consultas de ginecologia, pediatria, clínica geral e atendimento odontológico e realizados diversos tipos de exames de saúde, como Teste Rápido Aids/Sífilis, e ainda cadastros para doação de medula óssea, avaliação antropométrica, acupuntura, massagem corporal e Reiki.
Marivanda Freire Santos, 68, é moradora-fundadora do loteamento Marivan, e ficou maravilhada com o evento do Governo do Estado. “Está sendo ótimo, um dia diferente no dia das mulheres. Já fiz massagem, uma maravilha! Este dia demonstra o bom trabalho do nosso governador Jackson Barreto.
Houve ainda atendimento do Banese Card, com prospecção de propostas financeiras, renegociação de dívidas, solicitação de alteração de limite de crédito, vencimento e endereço. Podendo ser efetuada atualização de cadastro, acesso a microcréditos-empréstimos e informações diversas.
A Secretaria de Estado de Política para as Mulheres (SEPM), empenhada em celebrar o Dia Internacional da Mulher, disponibilizou duas unidades de atendimento móvel à mulher que prestarão serviços de atenção psicossocial e jurídica de forma individualizada, com destaque para questões relacionadas à aplicabilidade da Lei Maria da Penha. Foram realizadas também palestras e rodas de conversas sobre o combate à violência doméstica, além da divulgação e orientação a respeito de Programas de Formação Profissional e Autonomia Econômica das Mulheres.
A Secretaria de Esporte e Lazer oportunizou a prática de brincadeiras e jogos, além de oficinas de confecção de pipa, pintura facial e desenho. Já a Secretaria de Planejamento, a Seplag, disponibilizou a retirada de carteiras de identidade, entre outros serviços, uma grande oportunidade na visão da dona de casa Lavínia Maria Nascimento, 37.
“Tem muita coisa boa aqui, como médicos e essa oportunidade de tirar a identidade de graça. Vim para tirar a carteira de identidade da minha filha de 16 anos. Vai ser a primeira vez que ela vai tirar a identidade”, expôs Lavínia Nascimento.
A moradora do Conjunto Antônio Carlos Valadares, Anísia Maria Rodrigues, 57, também aproveitou a oportunidade. “Minha carteira estava vencida, porque não tinha tempo de sair para tirar uma nova, mas hoje consegui, porque moro aqui perto. Além disso, está sendo um ótimo lazer para nós, moradores da comunidade”, disse a dona de casa, que dedica seu tempo aos cuidados do filho José Valmir, que tem paralisia facial.
De acordo com Marta Leão, as ações do dia priorizaram valorizar a mulher e aproximar o Governo do povo e o povo do Governo. “O governador, como sempre, pensando nos mais carentes e na mulher, determinou que neste dia realizássemos o Mais, aqui, no Santa Maria, que é um bairro que ele tem no coração, e essa era uma data que ele não poderia passar longe dessa comunidade. A gente estimava um público, hoje, de 1.500 pessoas, mas a partir do movimento o público será de quase 2.500 pessoas”, declarou a coordenadora do evento, enfatizando o sucesso do Mais.
Em uma demonstração que as ações não se restringiam só às mulheres, neste dia, o eletricista-aposentado, Natalino Silva, que é cadeirante, também aproveitou a ocasião para tirar uma nova carteira de identidade. “Já tinha 15 ou 20 anos que eu não tirava uma nova identidade, porque fica caro, gastaria de R$ 20 a R$ 30 reais para sair de casa, pois teria que pagar um carro particular para me levar e hoje foi bem mais fácil porque é aqui pertinho”, explicou o morador do Santa Maria.
 Homenagens
Acompanhada pela Banda da Polícia Militar, a professora e cantora, Célia Gil, prestou uma bela homenagem a todas as mulheres presentes ao cantar a canção ‘Uma nova mulher’, da cantora Simone. “Hoje é o dia da mulher, a mulher tem que ser prestigiada e seus sentimentos valorizados, como diz nesta música”, argumentou Célia Gil.
Já a secretária da Seides e ex-primeira-dama de Sergipe, Eliane Aquino, recebeu da Banda da Polícia o título de madrinha da banda, em uma homenagem a mulher guerreira que ela é e ainda em uma referência e gratidão a todos os investimentos e valorização da banda pelo governo de Marcelo Déda.
Participação
Também participaram do evento, o diretor-presidente do Detran, Bosco Costa e o diretor geral da Fundação Hospitalar de Saúde (FHS), Luiz Hamilton de Oliveira; a presidente do Banese, Vera Lúcia; o chefe do Gabinete Militar do Estado, coronel Carlos Augusto e os secretários adjuntos da Cultura, Wellington Mangueira e da Comunicação, Sales Neto, entre outras autoridades e representantes da comunidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário