sexta-feira, 21 de março de 2014

Eduardo Amorim: O atual Governo odeia o servidor público

Na manhã desta sexta-feira, 21, o senador Eduardo Amorim (PSC) concedeu entrevista ao pastor e radialista Daniel Fortes no Programa Integração, na Rádio Atalaia AM 770. Durante a participação, o senador respondeu aos questionamentos do âncora do programa, conversou com ouvintes e falou sobre a situação do Estado.


Eduardo Amorim destacou o atual descaso do Governo do Estado com os servidores públicos. Ele lembrou que há dois anos os trabalhadores estão sem aumento salarial. "Este Governo não respeita o servidor. Este Governo odeia o servidor. O trabalhador já perdeu 20% do seu poder de compra", afirmou o senador.

O parlamentar citou ainda a situação da segurança pública em Sergipe. "Os 600 homens do atual concurso devem preencher lacuna apenas dos que irão se aposentar este ano na PM", afirmou o senador, ao destacar que o descaso é em todos os setores. "Estamos vendo hoje em Sergipe um verdadeiro descaso. Não se tem respeito pelo servidor, à Saúde e a Segurança", afirmou.

Ao ser questionado quanto à saúde, Eduardo Amorim lembrou que o dinheiro do Hospital do Câncer já está na conta e é fruto de emenda no Senado mais verba do Proinveste. "Muitas vidas são perdidas nos hospitais e nas ruas por causa deste governo que aí está", disse o parlamentar. Ao responder perguntas dos ouvintes do programa Integração, o senador lembrou que na Saúde pública deveria existir um centro para cuidado de pessoas com doenças crônicas.

Quanto aos boatos sobre uma possível desistência à sua pré-candidatura ao Governo do Estado, Eduardo Amorim afirmou que é uma invenção maldosa. "A pré-candidatura está consolidada. Só não irei se Deus quiser. Ela não é minha. Os partidos querem, minha família quer, então deixe que o povo decida. Não vou desistir", disse Eduardo entusiasmado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário