sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

Procuradoria-Geral da República vai pedir extradição de Pizzolato

A extradição do ex-diretor de Marketing do Banco do Brasil Henrique Pizzolato será solicitada pela Procuradoria-Geral da República, conforme decisão acordada hoje (7) entre o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, e o procurador Rodrigo Janot. A data para formalização do pedidojde extradição ao governo italiano ainda não foi definida. 

A decisão foi tomada após o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Joaquim Barbosa, responder ao Ministério da Justiça que a Corte não tem papel ativo no processo de extradição de Pizzolato. Ontem (6), o ministério protocolou no STF um aviso da abertura do processo em que pedia a manifestação do Supremo sobre o interesse na extradição. 

Continue lendo na Agência Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário