quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

Para Iran, discurso de João Alves está distante da realidade vivenciada pelo povo de Aracaju

Na abertura dos trabalhos na Câmara Municipal de Aracaju, que recebeu, o prefeito da capital, João Alves Filho (DEM), para a leitura da sua mensagem anual aos parlamentares, o vereador Iran Barbosa, do PT, fez críticas ao discurso apresentado pelo prefeito, considerando-o “muito distante da realidade cotidiana vivida pela população”.

O petista destacou que, durante o recesso parlamentar, visitou diversos bairros da cidade. “Neste sentido, trago um sentimento que não é meu, mas que colhi das ruas, de que há um distanciamento entre o que é colocado aqui, pelo prefeito, das obras e realizações que ele diz que estão sendo feitas, e o que a população vê e sente no seu dia a dia. É preciso aproximar o discurso oficial e publicitário da realidade que é enfrentada pela população todos os dias”, afirmou.
Para Iran, o compromisso assumido pelo prefeito junto à população, durante a campanha, foi de que os problemas da cidade, que o então candidato João Alves Filho conhecia e apontava, seriam resolvidos. “Sei que alguns desses problemas foram herdados, mas vejo que estamos distantes de ver a solução que o senhor disse que apresentaria, e estou aqui para cobrar não outra coisa, senão o que o senhor prometeu em campanha: solucionar todos os problemas de Aracaju. E em um ano de gestão, não houve solução de nenhum deles e sim agravamento de muitos”, enfatizou o vereador, diante do prefeito da cidade.
Iran Barbosa apontou que problemas do cotidiano da cidade que eram menores, e até tinham sido superados por administrações passadas, ampliaram-se, tais como buracos nas ruas, limpeza urbana, iluminação pública, lixo acumulando em pontos específicos e sujeira nos canais da cidade.
“Entendo que é importante sim tratar dos problemas mais da macroestrutura da cidade, mas é importante não esquecermos das questões do dia a dia, do que é micro, dos pequenos serviços, que têm rebatimento direto no cotidiano da população. E isso tem sido negligenciado nesta Administração”, apontou.
De acordo com o petista, os problemas nos setores da Saúde e Educação, bastante explorados pelo prefeito durante a campanha, também se agravaram na atual gestão. “Na educação, por exemplo, não houve avanço. É preciso que se ouça mais os educadores, e não apenas alguns setores comprometidos com a atual política educacional, como vem sendo feito. Não tem havido diálogo com os professores, mas perseguições. Professores estão sendo perseguidos por fazerem a opção de fazer valer o que a lei estabelece, que é o direito de escolher os procedimentos necessários ao ensino e aprendizagem a partir do projeto pedagógico da sua escola e do plano de trabalho docente. Isso não está sendo respeitado”, denunciou.
O vereador e líder de oposição aproveitou para cobrar do prefeito João Alves Filho a realização da licitação do transporte público, que até agora não foi feita, e a retomada do diálogo sobre o Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano de Aracaju. “É preciso que este debate retorne à Câmara, como pede a população. Vossa Excelência retirou o Plano, utilizando-se de sua prerrogativa, mas as pessoas cobram dos vereadores a retomada dessa discussão, sendo que a iniciativa não é dos legisladores, mas do Executivo. E é isto que quero aqui reivindicar, que o Plano possa ser reenviado para discussão com os parlamentares, garantindo-se o diálogo direto com a população”, cobrou o parlamentar.
Iran Barbosa apelou, ainda, ao prefeito da Capital que tratasse com mais respeito e equilíbrio a relação com o Legislativo, referindo-se ao grande volume de projetos enviado para a análise e votação dos vereadores sem tempo para maiores debates internos e junto ao povo, que tem a titularidade do poder.
“Não tem sido respeitoso com o parlamento municipal a forma como muitos projetos são encaminhados para esta Casa, projetos até importantes, que teriam o apoio da oposição, se não fossem encaminhados para discussão e votação em prazo exíguo, que impede o funcionamento adequado de qualquer democracia. Chegamos a ter situação de votação de quatorze projetos de um dia para o outro”, criticou, lembrando que é preciso garantir também, que a população possa conhecer e ter a oportunidade de debater projetos que são de seu interesse. “E isso demanda tempo para que possamos utilizar instrumentos como audiências públicas, tribunas livres e outros recursos de participação popular na produção legislativa”, defendeu.
Iran Barbosa ressaltou, ainda, que torce pelo sucesso da administração atual, mas sem abrir mão da crítica e da fiscalização que são inerentes à função de vereador e líder da oposição.
“Sou de um partido que faz oposição a esta administração, lidero a bancada de oposição, mas desejo sucesso a Vossa Excelência, entretanto, sabendo exatamente quais são as prioridades que o povo de Aracaju aponta. Tem um caldeirão de manifestações na cidade exigindo que todos nós, Executivo e Legislativo, apresentemos respostas. Vou estar aqui cobrando, permanentemente, soluções para os problemas que o senhor, quando se candidatou, afirmou que resolveria”, disse o petista, se dirigindo ao prefeito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário