quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

Mais Médicos: governo lança regras para desligamento de profissionais

O profissional que acumular duas faltas não justificadas ou receber três advertências por ter se ausentado de quatro horas a dois dias será objeto de processo de expulsão do programa Mais Médicos. As regras de desligamento do projeto entram em vigor hoje, conforme resolução publicada na edição desta quinta-feira (13) do Diário Oficial da União.

A publicação ocorre um dia após o Ministério da Saúde dar ultimato para 89 médicos que deixaram de comparecer aos postos de atendimento em que estavam lotados. Se eles não se manifestarem por email até o final desta quinta, serão excluídos do programa por abandono.
Continue lendo no Congresso em Foco

Nenhum comentário:

Postar um comentário