segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

Sergipe pode receber usina nuclear

*Por Max Augusto

O coordenador regional no Nordeste da Eletronuclear, Carlos Henrique da Costa Marins, afirmou que Sergipe está apto a receber uma das seis centrais nucleares que estão previstas para serem instaladas no Nordeste. A definição foi tomada após a primeira etapa de estudos, que incluiu a identificação dos sítios - como são chamados os locais adequados para a instalação do projeto.


Ainda de acordo com o coordenador, que fez o anúncio há duas semanas, nesta primeira fase foram identificados os locais mais propícios a receber o empreendimento, com base em estudos de temperatura da água, direção do vento e estudo do solo. Além de Sergipe, Alagoas, Pernambucoe Bahia também foram aprovados. Em Sergipe, Canindé do São Francisco é o local mais provável. Em Alagoas, a cidade de Piranhas é uma das favoritas.


O projeto de retomada da utilização da energia nuclear no Brasil estava em andamento, mas as discussões sobre o local para as instalações das usinas acabaram sendo suspensas após o desastre em Fukushima, no Japão.Carlos Henrique Marins declarou à imprensa nacional que o Governo Federal precisa acelerar o projeto nuclear – que prevê a construção de duas usinas no nordeste até 2030, e outras quatro até 2040.


Ainda de acordo com o coordenador da Eletronuclear, a próxima fase é a de avaliação do “layout”, ou seja, o desenho das áreas que foram consideradas adequadas após a primeira avaliação. Ele também ressaltou que a instalação das usinas nucleares devem obedecer, de acordo com a legislação, à uma série de etapas, que incluem estudo de impacto ambiental e o debate com a população do local, através de audiências públicas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário