segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

Saúde de Aracaju inicia cirurgias pediátricas

No final do ano de 2013 a secretária da Saúde de Aracaju, Goretti Reis, divulgou mais uma ação importante para os usuários do SUS, a assinatura do contrato para a realização de cirurgias pediátricas de médio e grande porte. O contrato foi feito com o Hospital e Maternidade Santa Isabel. Com isso as crianças que aguardavam por procedimentos cirúrgicos começaram a ser encaminhadas na última quinta-feira e 8 cirurgias já aconteceram.


"Goretti não mede esforços para superar os problemas da Saúde de Aracaju. A falta de oferta de diversos serviços acontecia há anos e Goretti, apesar das dificuldades mas agora nossos usuários voltam a receber boa parte dos serviços. Não é um processo fácil, mas possível de realizar quando o gestor tem boa vontade, agora vamos resolver um grande problema, as filas de espera", enfatizou a coordenadora do NUCAAR, Tina Cabral.

Tina disse ainda que a previsão é de que 80 procedimentos sejam realizados por mês. "É bom salientar que essas cirurgias só eram realizadas fora do Estado de Sergipe. A atual gestão também implantou um novo sistema de marcação de consultas e exames especializados, o NUCAAR Online, possibilitando o aumento de mais de 50% do número de autorizações, promovendo mais agilidade na marcação, transparência e resolutividade".

Goretti Reis também ampliou de 4 para 20 o número de Unidade de Saúde que realizam o Teste do Pezinho, aumentando em mais de 100% o número de exames realizados por mês. Ainda para as crianças foi implantado o Teste da Orelhinha para medir se o bebê ouve bem (capacidade de audição) em 100% dos recém nascidos.

Lembrando que foram renovados contratos para a oferta de videolaringoscopia, cirurgias de amígdalas e adenóide, biopsia da próstata guiada por ultrassonografia, iodoterapia, prótese auditiva, cintilografia, ressonância magnética, colonoscopia, tomografia com contraste e sedação, retosignoidoscopia e raio x panorâmico, este há 2 anos a população não tinha acesso.

A iodoterapia é utilizada para tratar doenças da tireóide e até mesmo o câncer da tireóide. Já a cintilografia, outro que também já vem sendo ofertado desde julho e detecta doenças ósseas entre outras enfermidades.

Nenhum comentário:

Postar um comentário