terça-feira, 28 de janeiro de 2014

Prefeituras devem fechar as portas em abril

A Federação dos Municípios do Estado de Sergipe (Fames), representada pelo presidente Antônio Rodrigues, o Tonhão,  da 1º reunião do Conselho Político da Confederação Nacional dos Municípios (CNM). O evento foi realizado na cidade de Maceió, em Alagoas, e contou com a presença de dirigentes estaduais das entidades municipalistas, além da diretoria da CNM.


A primeira importante decisão foi tomada logo no início do encontro: haverá Mobilização Permanente no próximo dia 11 de abril. Nesta data, as prefeituras de todo o País devem fechar as portas e os prefeitos vão levar os servidores e a comunidade em geral para as capitais de cada Estado. “Mais uma vez, queremos chamar a atenção para o caos que os Municípios enfrentam. A sociedade precisa saber e o Governo Federal tem a obrigação de fazer algo”, ressalta o presidente da Fames.

Segundo Tonhão, que também é prefeito de Monte Alegre, caberá às entidades estaduais organizarem o movimento. “Sei que em Sergipe teremos todo o apoio, pois os prefeitos enfrentam a mesma situação”, declara. A meta é levar ao menos um ônibus de cada região para a Capital. Além desta definição, os gestores discutiram sobre a XVII Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios e a demanda política, como os projetos de lei favoráveis e desfavoráveis aos Municípios.

Também avaliaram a relação com o Governo Federal, analisaram os relatórios institucionais e os resultados obtidos em 2013. “Aqui temos como objetivo definir os pontos que vão nortear todo o movimento municipalista até a Marcha, em maio”, afirmou o presidente da CNM, Paulo Ziulkoski.

Nenhum comentário:

Postar um comentário