sexta-feira, 3 de janeiro de 2014

Obra da rodovia que ligará Santa Luzia ao Povoado Crasto segue cronograma

Como forma de incentivar o turismo na região Sul do estado e levar mais conforto aos moradores da cidade de Santa Luzia do Itanhy, distante 76 km de Aracaju, o Governo de Sergipe, através da Secretaria de Estado da Infraestrutura (Seinfra) e por intermédio do Departamento Estadual da Infraestrutura Rodoviária (DER), prossegue com a obra de implantação da rodovia que ligará a cidade ao povoado Crasto. Devido ao recesso natalino, os trabalhos foram paralisados, mas serão retomados no início da próxima semana.


No início do mês de outubro, o governador em exercício Jackson Barreto foi ao povoado assinar a ordem de serviço da rodovia, para que a obra pudesse ser executada, e após dias de trabalho já é possível ver a evolução no canteiro de obra. O Governo do Estado está investindo na construção, o valor de R$ 5.656.202,76.



O secretário da Infraestrutura, Valmor Barbosa, esclarece que a primeira etapa da obra consiste na ampliação da plataforma da estrada e no aterro de áreas alagadas e segue a todo vapor. “Depois serão iniciadas as etapas que contribuirão para que a estrada de chão que existe hoje no local, dê lugar a uma rodovia asfaltada, de aproximadamente 6,92 km, com pista de 10 metros e com uma ótima sinalização”.


Testemunhos


Os moradores da cidade já comemoram o início dos trabalhos de implantação da rodovia, que será responsável por fazer com que eles se locomovam de forma mais rápida e confortável.


A moradora Eliene Pinto Nascimento, 57 anos, afirmou que esta obra terá uma grande importância para o município. “Foi a melhor coisa que aconteceu na cidade nos últimos tempos. Muitos prometeram, mas só esse governo está realizando nosso sonho”, acrescentou.



José Reinaldo Cardoso, 47 anos, disse que a rodovia trará diversos benefícios para a cidade e favorecerá o turismo na região. “Essa rodovia atrairá mais turistas para a cidade e, com isso, os comerciantes vão lucrar. A rodovia também levará turistas à Estância, já que por ela será possível chegar às praias de ‘Terra Caída’, um povoado da cidade”, disse.



Os principais beneficiados pela rodovia serão os moradores do Povoado Crasto, como comenta a dona de casa Maria Aparecida da Conceição, 52 anos. “Muitos moradores do povoado precisam se locomover diariamente para a cidade, principalmente os estudantes, e fazer isso por essa estrada de terra é complicado, além de ser perigoso. A rodovia trará muitos benefícios para a população”, afirmou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário