quinta-feira, 2 de janeiro de 2014

Hospital Regional de Socorro contabiliza mais de 70 mil atendimentos em 2013


O Hospital Regional de Nossa Senhora do Socorro é referência nos atendimentos de clínica médica, pediatria e obstetrícia, para oito municípios que compõem a região.  Administrado pela Secretaria de Estado da Saúde, através da Fundação Hospitalar de Saúde (FHS), a unidade atende os casos considerados de baixa e média complexidades.

A Clínica Médica (internamento) dispõe de 20 leitos com equipe de enfermagem 24 horas e visita médica diária aos pacientes. Já no Pronto Socorro, os usuários contam com uma equipe composta por médicos clínicos e pediatras, além de enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem, fisioterapeutas e assistentes sociais”, afirma a superintendente Genisete Pereira.   

De janeiro a novembro deste ano, a unidade contabilizou 70.488 atendimentos. No mesmo período, o hospital realizou 96.233 exames laboratoriais, 4.328 exames raio-x, 1.520 ECG.   “

O Hospital Regional de Nossa Senhora do Socorro tem se mostrado resolutivo para toda a rede hospitalar. Aqui recebemos a população de Nossa Senhora das Dores, Cumbe, Capela, Maruim, Carmopólis, Pirambu e Japaratuba, mas a maior parte dos atendimentos é prestada para a população do município de Socorro que corresponde a 80% da demanda”, destaca Genisete Pereira.   

O Hospital Regional de Nossa Senhora do Socorro ainda é responsável por prestar o suporte de retaguarda para o Hospital de Urgências de Sergipe (HUSE) quanto às cirurgias ortopédicas e internamento clínico. “

Este ano, até novembro, realizamos 1.259 cirurgias ortopédicas. Todas elas aconteceram de forma eletiva, com agendamentos realizados pelo HUSE. As cirurgias acontecem sempre de segunda à sexta-feira. Essa medida tem como finalidade  diminuir os índices de superlotação do HUSE”.   

Outro serviço ofertado pelo Hospital Regional de Socorro é a maternidade. Este ano, já foram registrados 407 partos cesarianos e 993 normais. A maternidade dispõe de 18 leitos e uma equipe multidisciplinar composta por médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, entre outros.   “

Aqui priorizamos o parto humanizado conforme o que preconiza o Ministério da Saúde. Vale ressaltar, também, que a unidade trabalha com o alojamento conjunto (mãe sempre perto de bebê)”, destaca Genisete.   

A superintendente ainda pontua que “nos meses de outubro, novembro e dezembro, foram feitos três partos de gêmeos, sem que houvesse nenhuma intercorrência, bem como, necessidade de transferência hospitalar. Porém, quando existe essa necessidade, os casos são regulados e encaminhados para a Maternidade Nossa Senhora de Lourdes, localizada em Aracaju, referência no atendimento de alto risco. Todo o processo acontece em parceria com o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192 Sergipe) que sempre disponibiliza uma Unidade de Suporte Avançado, mais conhecida como UTI móvel para realizar a remoção”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário