segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

Fafen Sergipe tem novo gerente geral

A Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados de Sergipe (Fafen-SE), unidade operacional da Petrobras, localizada no município de Laranjeiras, em Sergipe, tem um novo gerente geral. Alexandre Coelho Cavalcanti é engenheiro Mecânico, tem 27 anos de Companhia, atuou na Refinaria Duque de Caxias (Reduc-RJ), onde passou por diferentes áreas, e vem transferido, agora, da Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados de Mato Grosso do Sul (Fafen-MS), da Petrobras, localizada no município de Três Lagoas (MS).


Gerente geral da Fafen-SE desde 2010, o engenheiro mecânico Fernando Tadeu de Castilho assume a partir de hoje a Gerência Geral da Fafen-MS que entrará em operação em setembro deste ano. Sob sua gestão, a Fafen-SE bateu o recorde de produção de ureia, totalizando 557.657 toneladas produzidas em 2013 e superando o recorde anterior, de 541.975, alcançado no ano 2000.
 
O Plano de Negócios e Gestão 2013-2017 contempla importantes projetos na área de fertilizantes. Aqui em Sergipe entrará em operação, em fevereiro deste ano, a Unidade de Sulfato de Amônio com capacidade para produzir 303 mil ton/ano. Com este novo empreendimento, a Companhia agregará maior valor à amônia fabricada na Fafen-SE.
 
No Mato Grosso do Sul, a Fafen-MS entrará em operação em setembro deste ano com capacidade para produzir 1,2 milhão toneladas/ano de ureia. Com isso, a capacidade total de produção de ureia da Petrobras saltará de 1,7 milhão de toneladas/ano para 2,9 milhões de toneladas/ano, reduzindo significativamente a dependência externa por esse importante fertilizante nitrogenado.
 
A Petrobras é, hoje, o maior produtor de fertilizantes nitrogenados do País com três fábricas em operação. Além de Sergipe, há mais duas unidades. Uma na Bahia, no Polo Petroquímico de Camaçari, e outra, adquirida em 2012, no município de Araucária, no Paraná.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário