quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

Em Pirambu, PT, PMDB e PSB estão com o PSC

Por MAX AUGUSTO

Se no âmbito estadual os embates políticos se dão entre a base governista e o clã de partidos liderados pelo PSC, no município de Pirambu a história é diferente: todo mundo se dá bem. Levantamento realizado pelo blog ‘Tribuna da Praia’, do professor Claudomir Tavares, mostrou que naquele município os vereadores do PMDB, PT e PSB dão sustentação à administração do prefeito Hélio Martins (PSC).


Os partidos liderados por José Nilton (PMDB), Vado de Gago (PT) e Marcos e Sílvia Cruz (PSB), estariam integrando ‘tacitamente’ a bancada dos seus ‘ex-desafetos e adversários’, André Moura e Elinho Martins. Segundo o blogueiro, atualmente três parlamentares, em sistema de revezamento ou concomitantemente, têm participado ou servido de interlocutores dos demais, junto ao prefeito Elio Martins.


“Neles está firmado um acordo tácito, mas não explícito, visando a governabilidade. Isso tem incomodado, irritado e deixado cabisbaixos aos vereadores que já integravam a bancada do prefeito desde 1º de janeiro, como Ivan Biriba Dória (PPL), único eleito pela coligação liderada por Elinho e os ‘cooptados por argumentos’, Toinho de Jurandi (PSB), eleito pela coligação liderada pelo petista Vado de Gago, e Gilvânia Rocha Cruz (PMDB), a vereadora mais votada na coligação liderada pelo ex-prefeito peemedebista.


A confusão na Câmara Municipal da cidade começou durante o processo eleitoral de 2012, quando praticamente todos os candidatos da coligação comandada por Elinho foram cassados pela Justiça e não puderam concorrer. No final de 2012 os vereadores da oposição reduziram a capacidade de remanejamento do Orçamento Municipal para 2013 de 80% para 10% - o que rendeu muita discussão. Já este ano, os mesmos vereadores aprovaram normalmente o orçamento para 2014, prevendo um remanejamento de até 80% do que se planeja arrecadar - R$ 42 milhões.

Nenhum comentário:

Postar um comentário