segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

434,7 mil famílias em SE saíram da extrema pobreza

Em Sergipe, a transferência de renda pelo governo federal, através do programa Sergipe Mais Justo, mantém 434,7 mil famílias fora da linha da extrema pobreza. É o que afirma a ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Tereza Campello, em entrevista ao JORNAL DA CIDADE. A ministra diz que as parcerias com o Governo de Sergipe e com municípios estão mudando a realidade no combate à pobreza no Estado. “A cooperação entre os governos federal e estadual, junto com as prefeituras, está mudando a realidade e melhorando aos poucos a qualidade de vida dos sergipanos, mas ainda temos muito o que fazer”, ressalta.
 

 
Conforme a metodologia utilizada pelo Ministério do Desenvolvimento Social, são consideradas em situação de extrema pobreza as pessoas que residem em domicílios cujos rendimentos não ultrapassam R$ 70 per capita. O levantamento realizado pelo governo federal com base nesse recorte financeiro a partir dos dados preliminares do Censo Demográfico 2010, do IBGE, aponta que 8,6% da população brasileira está em situação de extrema pobreza.
Continue lendo no Jornal da Cidade

Nenhum comentário:

Postar um comentário