terça-feira, 10 de dezembro de 2013

Sem Marina e Serra, Dilma vence no 1º turno, aponta pesquisa

Pesquisa de abrangência nacional realizada pelo Instituto Paraná Pesquisas indica que a presidenta Dilma Rousseff se reelegeria, em primeiro turno, no cenário eleitoral mais provável, se as eleições fossem hoje (10). Ou seja, em disputa com o senador Aécio Neves (PSDB) e o governador Eduardo Campos (PSB-PE), a presidenta teria mais votos do que a soma dos seus opositores. Mas poderia ter de disputar o segundo turno caso seus adversários fossem a ex-senadora Marina Silva (PSB) e o ex-governador José Serra (PSDB). Os números também indicam considerável potencial eleitoral do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, que chega a aparecer em terceiro lugar.


Veja os números da pesquisa

Na disputa com Aécio e Eduardo, Dilma aparece com 47,2% das intenções de voto, segundo a pesquisa. O mineiro e o pernambucano somam 31,8%. A petista também venceria em primeiro turno se o candidato dos tucanos fosse José Serra. O cenário muda, no entanto, quando Marina é apontada como o nome do PSB à Presidência da República. Nesse caso, há chance de segundo turno, aponta o levantamento: Dilma figura com 42,5% das intenções; Marina, com 24,5%, e Aécio, com 17,9%. Ou seja, juntos, os dois alcançam praticamente o mesmo percentual da petista.

Leia mais no Congresso em Foco

Nenhum comentário:

Postar um comentário