sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

Mesmo endividada, Petrobras bate recorde de investimentos

O ajuste abaixo do esperado para a gasolina e o diesel, além da indefinição quanto à política de reajustes, fizeram as ações da Petrobras despencarem mais de 10% nesta semana, uma perda de valor para a empresa estimada em cerca de R$ 24 bilhões. A pressão do governo em manter os preços baixos para controlar a inflação, que tem gerado o endividamento na empresa, no entanto, não impactou nos investimentos da estatal.


O Grupo Petrobras investiu R$ 73,9 bilhões de janeiro a outubro de 2013, valor que representa 82,8% dos R$ 89,3 bilhões autorizados pelo governo federal para as aplicações da empresa no ano. O montante é recorde para o acumulado até o 5º bimestre desde, pelo menos, 2000 – considerando os valores atualizados pela inflação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário