sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

Câmara de Lagarto antecipa eleição da mesa-diretora

A Câmara Municipal de Lagarto seguiu o exemplo da Câmara Municipal de Aracaju e antecipou, em mais de um ano, a eleição para a Mesa-diretora da casa. A escolha do presidente que comandará o Poder Legislativo no Biênio 2015-2016 aconteceu na manhã de ontem, com muita confusão. Os ânimos se esquentaram e um vereador afirmou que encontrou um ‘despacho’ (de macumba) embaixo da sua mesa. No final, Gilberto da Farinha foi eleito o próximo presidente, com nove votos favoráveis e ausência de oito vereadores – que se retiraram do plenário.



O tal “despacho” teria sido encontrado pelo vereador Eraldo da Carmelita, que diz ter encontrado um pano preto com “umas coisas”, que ele retirou do local. A eleição pode acabar sendo questionada na Justiça, pois marcada desde a semana passada, registrou bate-boca, discursos inflamados e um pequeno tumulto. A eleição chegou a ser suspensa, mas foi retomada.


O atual presidente, Fraga da Brasília (PSDB) iria disputar a reeleição com Gilberto da Farinha (PP), mas ele suspendeu a eleição e se retirou do plenário, com outros oito parlamentares. Mas a maior parte dos vereadores ficaram na casa e o vice-presidente, Gilberto da Farinha, comandou os trabalhos.


A chapa eleita tem ainda Kléber de João Maratá (PRTB), como vice-presidente, e Pedrinho da Telergipe (PR), Érico Menezes (PSDB) e Eraldo da Carmelita (PMDB), como primeiro, segundo e terceiro secretário, respectivamente.


De acordo com os vereadores que ficaram no plenário e votaram no novo presidente, a convocação para o pleito teria sido feita de última hora, o que seria uma manobra do presidente da mesa para se reeleger. Quando ele teria percebido que não contava mais com a maioria, optou por cancelar a sessão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário