quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

Câmara de Aracaju antecipa eleição e Vinícius Porto é reeleito presidente

Em Sessão Extraordinária, o presidente da Câmara Municipal de Aracaju (CMA), Vinícius Porto (DEM), foi reeleito para mais dois anos no cargo. Após uma modificação no Regimento Interno da casa, os vereadores anteciparam a eleição que aconteceria em dezembro de 2014. Sendo assim, com 22 votos favoráveis e uma abstenção, os vereadores da capital escolheram ontem a nova Mesa-diretora da Câmara, para o biênio 2015-2016.



O mandato atual encerra-se em dezembro de 2014. A partir de 2015 a mesa diretora terá em sua composição, além do presidente Vinícius Porto, o vereador Jailton Santana (PSC), que também foi reeleito. Roberto Morais (SDD) assume a primeira secretaria e Anderson de Tuca será o segundo secretário, enquanto Adelson Barreto Filho (PSL), continua no cargo.


Segundo os vereadores, a reeleição foi uma forma de priorizar os trabalhos e assegurar a continuidade dos serviços legislativos. Antes de iniciar o processo de eleição, o presidente da Casa, Vinícius Porto, afirmou que todo o procedimento foi realizado com muita transparência. “De forma correta colocamos um setor específico para receber até a 1 hora da manhã a inscrição das chapas. Marcamos tempo maior do que 24h e fizemos tudo dentro do que determina a legislação para que pudéssemos colocar em votação”, afirmou.


Em um discurso emocionado de agradecimento, Vinícius ressaltou um pouco da sua trajetória política. “Quando perdemos a reeleição para vereador, não deixei me abater e continuei a luta. Quatro anos depois fui eleito. E quando cheguei até a presidência da Casa, decidi que iria exercer o cargo dignamente sempre respeitando as ideologias”, frisou.


Segundo Vinícius, o diálogo é sempre o melhor caminho. “Na vida política nada melhor do que o diálogo e sempre soube fazer isso com oposição e situação. Sempre fiz questão de ser o mais democrático possível. Quero agradecer a Deus pela oportunidade, aos meus pais, a minha família que acompanha todo o processo de perto, aos servidores da Casa e aos vereadores. Obrigado por acreditarem no nosso nome”, completou.


O líder do prefeito na Casa, Manuel Marcos (DEM) parabenizou a chapa e ressaltou a importância do trabalho desenvolvido pelo atual presidente. “Não poderia deixar de parabenizar a Mesa e desejar uma administração de grande sucesso porque tenho a certeza de que o brilhante trabalho realizado pelo vereador Vinícius Porto vai ter continuidade”, disse.


O vereador Emmanuel Nascimento, (PT), atual 2º secretário, afirmou que votaria na chapa do atual presidente, mesmo não fazendo mais parte da Mesa. “Esse é um processo natural. Isso é da política e a maioria decidiu e tenho que aceitar, faz parte da democracia”, frisou. 



O vereador Iran Barbosa (PT) preferiu se abster na votação. O parlamentar justificou seu posicionamento afirmando seguir orientação da executiva nacional do PT. “Vou me abster porque existe uma orientação do meu partido e que determina que não se faça nenhum tipo de composição com chapas, inclusive para a Mesa-Diretora, encabeçada pelo DEM”, ressaltou. Mesmo se abstendo da votação, o petista parabenizou a postura democrática adotada por Vinícius Porto. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário