quinta-feira, 14 de novembro de 2013

Max Prejuízo pede celeridade ao Estado na realização do concurso da PM


“Chegou a hora do governador em exercício Jackson Barreto acelerar esse concurso para Polícia Militar, pois o que acontece hoje é um caos generalizado na segurança pública. A polícia precisa estar na prevenção, precisa estar nas ruas, porém o efetivo é pequeno e não acompanha o crescimento populacional”, iniciou assim o seu pronunciamento o vereador Max Prejuízo (PSB) durante o Pequeno Expediente da Câmara Municipal de Aracaju (CMA), na manhã de ontem.



O parlamentar informou que diariamente tem sido surpreendido com as ações dos marginais e citou o conjunto Augusto Franco, onde furtos e roubos têm sido uma constante no dia a dia da comunidade. “Todos os dias acontecem assaltos no conjunto Augusto Franco. Os marginais estão à solta amedrontando a comunidade que fica a mercê da falta de segurança. As cidades do interior de Sergipe vivem de forma assustada. São delegacias com apenas dois policiais, fora que cerca de 80% dos municípios não tem a guarda Municipal, que seria a grande parceira da Polícia Militar”, disse Max.



O vereador lamenta que não haja um plano de ação nacional para que as prefeituras tratem com as Guardas Municipais como acontece em Laranjeiras, Aracaju, Carmópolis e Nossa Senhora do Socorro. Max defende, ainda, que haja uma parceria entre a Guarda Municipal e a Polícia Militar. “A Polícia Militar deve atuar na capacitação dos novos guardas municipais. É preciso levar esse debate para o Congresso Nacional, porque a falta de segurança e a criminalidade estão tomando conta do nosso estado. Não podemos mais esperar”, disse Max Prejuízo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário