segunda-feira, 11 de novembro de 2013

João Alves autoriza realização do Pré-Caju

O prefeito João Alves Filho assinou na manhã de hoje, 11, no Centro Administrativo Prefeito Aloísio Campos, a autorização para a realização do Pré-Caju 2014. A festa, que é considerada pelo Ministério do Turismo como a abertura do carnaval brasileiro, será realizada de 24 a 26 de janeiro e já faz arte do calendário sergipano, promovendo emprego e visibilidade a Aracaju.


O Pré-Caju surgiu há 23 anos, quando João Alves era governador do Estado. De acordo com o prefeito, muitas pessoas não acreditavam no sucesso da festa. "Temos que entender que o Pré-Caju já se incorporou às tradições de Aracaju. Eu saúdo a família Oliveira, com a qual tive o privilégio de ter recebido e aceitado o Pré-Caju como uma inovação. Confesso que muitos secretários na época disseram que a parceria entre o poder público e o privado não daria certo. Hoje comemoramos 23 anos de uma festa que faz Aracaju ser reconhecida nacionalmente", destacou o prefeito.


Consciente dos benefícios que o Pré-Caju traz para o município, principalmente no setor turístico, o secretário da Comunicação, Carlos Batalha, destacou que a festa proporciona visibilidade a Aracaju.


"Hoje o Pré-Caju é uma cadeia produtiva extraordinária, e ainda fico perplexo quando algumas pessoas tentam ir de encontro a essa festa, por se sentirem incomodados de alguma forma. Mas o fato é que o Pré-Caju representa a criação de empregos diretos e indiretos em aproximadamente 70 áreas. A Prefeitura não tem medido esforços para apoiar essa festa que já faz parte de nosso calendário", afirma Batalha.


O secretário da Indústria, Comércio e Turismo, Walker Carvalho, reforçou a parceria da Prefeitura de Aracaju com a realização do Pré-Caju e disse que existe um crescimento da cidade no período. "O Pré-Caju traz divisas para Aracaju. Durante a festa o comércio cresce e todos ganham um 14º salário em função do Pré-Caju, que quer queira ou não, traz arrecadação para Aracaju. Enquanto o Pré-Caju existir com a organização que ele tem, Aracaju tem que autorizar e aceitar", pontua Walker.


Satisfeito com o apoio da Prefeitura ao Pré-Caju, o idealizador da festa, Fabiano Oliveira, disse que existe uma pesquisa realizada pela Associação Comercial, demonstrando que 97% da população deseja que o Pé-Caju seja realizado na avenida Beira Mar.


"Essa pesquisa comprova o sucesso que é o Pré-Caju, que gera emprego, renda e está incorporado nos corações dos sergipanos. Muitas festas no Brasil, a exemplo do Carnatal, não tiveram o apoio necessário e hoje funcionam num circuito fechado onde a população tem que pagar para participar. O Pré-Caju é a segunda maior festa do Estado e é planejada para o povo que assiste as apresentações dos artistas de graça". Fabiano ainda ressaltou a parceria com a Prefeitura. "A festa demonstra o compromisso do prefeito João Alves Filho em continuar que a Pré-Caju seja do povo", garante.


Durante o transcorrer do ano houve muitas discussões a respeito do local onde seria realizado o Pré-Caju. Por conta disso o presidente da Associação de Blocos e Trio (ASBT), Lourival Oliveira, disse que as adaptações da festa foram para diminuir os transtornos.

"Discutimos as melhores formas para que a festa não causasse muitos contratempos. Dessa forma, modificamos a festa e concentramos o Pré-Caju em três dias e a ASBT, juntamente com os comerciários e os vereadores, também chegou a esse consenso. As atrações continuarão com a mesma grandiosidade".



Leia também:
















 

Nenhum comentário:

Postar um comentário