terça-feira, 19 de novembro de 2013

Governo anuncia mais de R$2 milhões para tratamento de pacientes da Radioterapia



Foi durante uma reunião com a secretária da Saúde de Aracaju, Goretti Reis, que a secretária de Estado, Joélia Silva Santos, fez o anúncio. Entre os serviços de média e alta complexidades, Joelia Silva anunciou a captação de recursos no valor de R$ 2.290.238,86, junto ao Ministério da Saúde, para custear o deslocamento e o tratamento de pacientes que aguardam na fila da Radioterapia em Sergipe.

Na reunião, diversas questões foram discutidas, como uma sala exclusiva no Huse para atender as cirurgias eletivas de Oncologia, além da ampliação da equipe cirúrgica na área da pediatria para atender, principalmente, os pacientes do interior. Também foram discutidas as questões do serviço de nefrologia e telemedicina no SUS.

"Eu considero esse momento de fundamental importância porque estamos tendo com Aracaju, um trato que independe de questões políticas e partidárias, com uma construção de forma pacífica, técnica e objetiva. Nesse sentido, é possível garantir maior qualidade no atendimento ao usuário do SUS, com a segurança que lhe é devida", avaliou a secretária Joelia Silva Santos.

A secretária de Saúde de Aracaju, Goretti Reis destacou a importância do diálogo com o Estado. "Precisamos da intervenção do Estado em algumas questões, porque como Aracaju é um pólo regional tem que pactuar algumas políticas de financiamento, em relação à organização do sistema para todo o estado. Então, essa parceria com o Estado é necessária para que consigamos consolidar essa reorganização do sistema, pois se não tivermos esse alinhamento, dificulta o acesso dos municípios que necessitam dos serviços de Aracaju. Estamos tendo um alinhamento técnico para viabilizar ao usuário o acesso ao serviço", disse.

Radioterapia

Atualmente, existe um fila de espera de 359 pacientes em Sergipe, para a realização do tratamento de Radioterapia através do SUS. A contratação de um serviço de Radioterapia fora do Estado, na Bahia e Alagoas já está em fase final e irá possibilitar a diminuição da fila de espera dos usuários do SUS que aguardam tratamento.

"Buscamos esse recurso junto ao secretário Helvécio Miranda, da área de Atenção à Saúde do Ministério da Saúde. Dessa forma, poderemos garantir o funcionamento do serviço, através de autorização de hospital particular em outra cidade. Com isso, vamos vencer mais um desafio que é reduzir a fila de espera da radioterapia. A Oncologia tem sido uma das prioridades e o Governo do Estado vem demonstrando o cumprimento na melhoria e ampliação dessa assistência", destaca Joelia Silva Santos.

O diretor de Gestão de Sistemas da SES, Hélio Farias, destacou a importância ampliação da radioterapia. "Dispomos de um serviço ativo para o sistema 3D apenas no Huse, que é insuficiente para atender a demanda, já que a maioria desses 359 pacientes que aguardam na fila precisam realizar o procedimento 3D. Para diminuir o tempo de espera, o envio desses recursos pelo Ministério da Saúde irá custear despesas adicionais como deslocamento e tratamento na Bahia e em Alagoas", falou.

O diretor administrativo e financeiro da SES, Ary Tolentino, destacou que a contratação do serviço terceirizado inclui todo o tratamento e deslocamento dos pacientes. "Dentre os serviços nesse pacote, estão serviços para o combate de Câncer de Próstata, Estômago, Pulmão, Reto, Esôfago, Mama, Colo do Útero, Laringe, entre outros", completa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário