terça-feira, 8 de outubro de 2013

Vereadora defende interdição do CENAM

A vereadora Emília Correa (DEM) chamou a atenção das autoridades para o tratamento que é oferecido aos internos do Centro de Atendimento ao Menor (Cenam). Segundo a parlamentar, as irregularidades encontradas na instituição durante inspeção feita por juízes, defensores públicos e promotores são o retrato do descaso e do descumprimento do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).  

“Quando me deparo com notícias nos jornais com manchetes de irregularidades encontradas no Cenam, vejo que a cada dia estamos andando na contramão de toda legislação criada para favorecer a população”, disse Emília Corrêa.

Para a vareadora, o Cenam dever ser interditado. “O tratamento oferecido aos internos e as condições de trabalho dos agentes ferem os princípios constitucionais. Nada acontece como deveria e essa situação no Cenam afasta a população de dias melhores. As rebeliões, as condições físicas e o despreparo dos agentes pedem a interdição imediata, pois não se reeduca um menor desta forma”, ressaltou.

De acordo com Emília Côrrea, é necessário reinserir os menores infratores na sociedade. “Se assim não for, estaremos criando verdadeiros monstros para nós mesmos. O tipo de tratamento que é dado está totalmente contrário ao que diz a Lei. Este só degrada o cidadão. Solicito que o Estado tome as rédeas da segurança pública”, apelou.



Leia também:




















 

Nenhum comentário:

Postar um comentário