terça-feira, 22 de outubro de 2013

Valadares participa de sanção da Lei do Mais Médicos

O senador Antonio Carlos Valadares (PSB-SE) participou, nesta manhã, da cerimônia de sanção a Lei do Mais Médicos, que garante a contratação de profissionais brasileiros e estrangeiros para atuar no Sistema Único de Saúde (SUS) em regiões com déficit de atendimento. O evento, no Palácio do Planalto, contou com a presença da presidenta Dilma Rousseff; do ministro da Saúde, Alexandre Padilha, que apresentou um balanço do programa; e diversas autoridades.
 
A proposta foi aprovada no último dia 16 de outubro pelo Senado, após passar pela Câmara dos Deputados. Na oportunidade, Valadares defendeu a medida, mas pediu que o governo colocasse mais recursos para a melhoria da saúde do Brasil como um todo.

Com a medida, a competência de emitir registro provisório para que médicos estrangeiros atuem pelo programa foi transferida dos conselhos regionais de Medicina para o Ministério da Saúde. O texto também determina que o profissional formado no exterior revalide o seu diploma após três anos de trabalho no Brasil.

De acordo com o último balanço divulgado pelo ministério, 1.020 médicos já estão trabalhando, sendo 577 formados no Brasil e 443 com diploma estrangeiro. Um total de 577 municípios e 3,5 milhões de pessoas são atendidas por meio do Mais Médicos, de acordo com o órgão. Mais 2.597 profissionais, da segunda etapa do programa, devem iniciar as atividades ainda neste mês.

Nenhum comentário:

Postar um comentário