terça-feira, 15 de outubro de 2013

Promulgada emenda constitucional destinada a baratear preço de CDs e DVDs de música

Foi promulgada em sessão solene do Congresso Nacional, na tarde de hoje, a Emenda Constitucional 75, originária da PEC da Música. Com essa Emenda, fica assegurada a imunidade tributária para os fonogramas e videofonogramas musicais produzidos no Brasil contendo obras musicais de autores brasileiros ou obras em geral interpretadas por artistas brasileiros, além dos suportes materiais ou arquivos digitais que os contenham.

A expectativa é de que haja uma redução de 30% a 40% no preço desses produtos e o desestímulo à venda de cópias piratas. A venda de CDs e DVDs será isenta da cobrança do Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), Imposto sobre Serviços (ISS) e Imposto sobre Operações Financeiras (IOF). O benefício, no entanto, não alcança o processo de replicação industrial, que continuará a ser tributado.

Participaram da sessão o presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves; a ministra da Cultura, Marta Suplicy; e o deputado Otávio Leite (PSDB-RJ), autor da proposta de emenda à Constituição. Artistas que acompanharam de perto a tramitação da matéria , como Raimundo Fagner e Rosemary, também estiveram presentes.

A PEC da Música foi aprovada em setembro pelo Senado, depois de tramitar por cerca de sete anos entre as duas Casas do Congresso. Parlamentares do Amazonas foram contrários à proposta, pois temem prejuízos à Zona Franca de Manaus, maior pólo de produção de CDs e DVs do país.
Otávio Leite acredita que a PEC, além de baixar os preços de CDs e DVDs, também diminuirá, entre 30 e 35%, o preço de venda da música via telefonia, os chamados ringtones, e em cerca de 19% do preço via internet.

- Toda cadeia produtiva da música brasileira será beneficiada com imposto zero. O objetivo é fazer com que o brasileiro possa consumir mais barato um produto de uma dimensão cultural que merece esse valor.

Durante a solenidade no Congresso, Renan Calheiros previu o aumento do mercado da música no Brasil

Agência Câmara



LEIA TAMBÉM:

 

Samuel: PM de Sergipe não pode controlar e apreender mais sons automotivos

 

Deputados aprovam empréstimo de R$ 160 milhões como contrapartida do Estado ao Proinvest

 

Renda dos trabalhadores sergipanos tem aumento real de 9,4% em 2012, aponta PNAD

 

Vereador cobra aumento na frota da empresa atalaia

 

Dívida da Saúde do Estado com Aracaju é inferior a R$ 2,5 milhões

 

Fábio Reis recebe informações sobre a descoberta de petróleo em Sergipe

 

Max Prejuízo cobra celeridade a Deso nas obras do Augusto Franco

 

Estadão: Em Sergipe, PT, PSB e PMDB não rompem

 

ENTREVISTA – VALMOR BARBOSA: “Governo já concluiu 423 obras”

 

Prefeitura pretende discutir Plano Diretor em 2014

 

Deputado quer reduzir gastos de campanha à metade

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário