sexta-feira, 25 de outubro de 2013

Mais Médicos: 29 novos profissionais chegarão a Sergipe nesse sábado



Sergipe foi contemplado com 29 novos profissionais cubanos no 2º ciclo do Programa “Mais Médicos”, do Governo Federal. Eles chegarão a Aracaju nesse sábado, 26, no vôo da Força Aérea Brasileira (FAB), que aterrissará no Aeroporto Santa Maria, em Aracaju, às 15h, onde serão recepcionados pelos gestores da Secretaria Estadual da Saúde (SES) e apoiadores do Ministério da Saúde (MS).
 
Dentre os profissionais, nove são homens e vinte mulheres que atuarão em 12 municípios. Nessa etapa, nenhum profissional brasileiro se inscreveu para atuar no estado. “A prioridade de inscrição é dada aos profissionais do país. Quando as vagas não são preenchidas, elas passam a ser ofertadas para os médicos estrangeiros”, explicou o diretor de Atenção Integral à Saúde, João Lima Júnior.

Do aeroporto, eles seguirão para o local onde ficarão hospedados. Na terça-feira, 29, passarão pelo Acolhimento no Hotel Del Canto, às 14h, onde serão apresentados às especificidades do Sistema Único de Saúde (SUS) em Sergipe.  De lá, seguirão para os seus respectivos municípios: Umbaúba, Aquidabã, Boquim, Capela, Cristinápolis, Ilha das Flores, Pacatuba, Lagarto, Nossa Senhora das Dores, Nossa Senhora do Socorro, Poço Redondo e Santa Luzia do Itanhy.

“No primeiro ciclo, os médicos permaneceram uma semana em Aracaju. Nesse período, conheceram os indicadores de saúde local e realizaram a tramitação da documentação necessária para a emissão do registro profissional junto ao Conselho Regional de Medicina (CRM). Dessa vez, devido à Lei do Programa Mais Médicos, que confere ao Ministério da Saúde (MS) a responsabilidade pela emissão do registro dos profissionais com diplomas no exterior, eles já chegarão à Sergipe portando esse registro”, disse a coordenadora Estadual da Atenção Básica, Guadalupe Ferreira.

Mais Médicos
O primeiro ciclo aconteceu no mês de setembro, quando Sergipe foi contemplado com 29 profissionais, sendo 17 brasileiros, dois intercambistas e 10 cubanos. No decorrer desse período, oito profissionais brasileiros desistiram do programa, totalizando 21 médicos, que foram distribuídos entre 10 municípios. Com a chegada dos profissionais nessa nova etapa, Sergipe completa 30% de cobertura do “Mais Médicos” no território. “Esse é um programa cíclico, que lança edital de inscrição a cada 45 dias, em média”, reforça João Lima Júnior.

Nenhum comentário:

Postar um comentário