quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Jackson oficializa cessão de imóvel para sede do Sindicato dos Jornalistas


Um ato histórico para a categoria dos jornalistas sergipanos foi protagonizado pelo governador em exercício, Jackson Barreto, ao oficializar a cessão de uso de um imóvel que sediará o Sindicato dos Jornalistas (Sindijor), através de comodato, previamente estabelecido com um prazo de 20 anos. O ato ocorreu ontem no Palácio de Veraneio, reunindo autoridades e representantes da imprensa.

“Este é o cumprimento de uma promessa que fiz no dia 20 de setembro, quando da posse dessa nova diretoria, ao novo presidente, jornalista Paulo Sousa, que afirmou ser essa sua tarefa número um”, lembrou o governador, ao fazer referência à data do presente ato, 17 de outubro. “Nesta data, também quero prestar uma homenagem aos camaradas, afinal de contas, 17 de outubro, é data da Revolução Russa, de onde Lênin nos deixou belas lições de formação política”, contextualizou.

O governador fez questão de registrar o que ele definiu como um “exemplo de dignidade”, referindo-se ao ato efetivado pela diretoria do Sindicato dos Professores da Educação Particular de Sergipe (Sinpro-SE), que devolveu ao Estado a casa onde funcionou desde 1975, que fora cedida pelo então governador Lourival Baptista. “Estamos aqui com uma escritura em nome do Sindicato dos Professores da Rede Particular, e vejam que ninguém no Governo iria lembrar desse registro. Este é um exemplo de dignidade, seriedade e honradez da professora Ivone Mendonça, secretária Geral, da presidente Rainilda Pereira, e dos demais dirigentes do sindicato”, registrou o governador.
 
Graças a esse gesto, segundo Jackson Barreto, foi possível atender ao pleito dos jornalistas. “Graças a esse gesto de dignidade do Sindicato dos Professores é que foi possível atender ao pleito de uma categoria importante, decisiva na redemocratização e fundamental para a manutenção da democracia neste país. Este é um gesto que fazemos compreendendo o papel da imprensa, o papel dos jornalistas e com a convicção que democracia neste país só pode existir com uma imprensa livre, aberta e com o respeito ao profissional da informação”, destacou Jackson.
 
Já o presidente do Sindicato dos Jornalistas, Paulo Sousa, reiterou que este é um dia de comemoração para todos da categoria. “Estamos concretizando um sonho de 37 anos. Vários presidentes tentaram concretizá-lo mas, por diversas razões, não conseguiram. A nossa gratidão ao governador Jackson Barreto que atendeu ao nosso pedido de imediato fazendo com que o sonho dessa nova diretoria, e de todos os jornalistas, fosse concretizado. Esta é uma conquista histórica para nossa categoria e para nossa entidade que sempre busca se empenhar no fortalecimento da democracia e dos interesses da sociedade”, declarou.
 
“Além de mais conforto, a nova sede vai nos proporcionar atrair os jornalistas numa estrutura que permita acessibilidade, coisa que não temos na atual sede à rua Itabaianinha, além da comodidade em estar situada numa área onde se pode estacionar e está situada no Centro”, enumerou Paulo Sousa.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário