quarta-feira, 16 de outubro de 2013

Iran manifesta preocupação com perdas do Aracaju Previdência


O secretário da Fazenda Municipal, Nilson Lima, esteve na manhã de hoje na Câmara Municipal de Aracaju, para prestar contas aos vereadores, quanto ao detalhamento das despesas e receitas referentes ao segundo quadrimestre de 2013 (maio a agosto), respondendo à exigência da Lei de Responsabilidade Fiscal. Após a exposição, o vereador Iran Barbosa (PT) levantou preocupação quanto aos números relativos ao Instituto de Previdência do Município de Aracaju – Ajuprevi.
 
De acordo com os números apresentados, o Ajuprevi tem disponibilidade de R$ 217,9 milhões em caixa (até 30 de agosto de 2013), sendo que quase a totalidade destes recursos está aplicada no mercado financeiro, aplicações que, segundo o próprio secretário, são de longo prazo (10 a 15 anos) e tem gerado prejuízos ao fundo previdenciário.

“O que chama muito a atenção, e vamos precisar que a Câmara Municipal se debruce sobre isso, é a situação da Previdência do município. Em termos de receitas patrimoniais, houve uma queda de quase 140% (138,5%) na comparação entre o 2º quadrimestre de 2012 e o 2º quadrimestre de 2013, e isso salta aos olhos”, levantou Iran.

“E fico muito mais preocupado quanto à observação feita pelo secretário, de que 90% desta queda de receita patrimonial está associada a perdas em investimentos dos recursos previdenciários. Suponho, portanto, que vamos precisar fazer uma discussão mais ampliada sobre a realidade do Aracaju Previdência, para entendermos melhor esse mecanismo de aplicações do fundo e analisar o que está em jogo, já que se trata da vida do servidor público municipal”, ressaltou o vereador.

Nenhum comentário:

Postar um comentário