sexta-feira, 11 de outubro de 2013

Em Itabaiana, Márcio Macêdo anuncia emendas e defende unidade no PT

O deputado federal Márcio Macêdo cumpriu extensa agenda na manhã desta sexta-feira (11) em Itabaiana, onde concedeu entrevistas às rádios FM Itabaiana e Capital do Agreste, participou da Assembleia Geral do Consórcio de Resíduos Sólidos do Agreste Central Sergipano e se reuniu com lideranças e militantes do PT na região. Na oportunidade, ele destacou as emendas parlamentares que direcionou ao município através do seu mandato – R$ 150 mil para a compra de um veículo especializado para a Saúde Municipal (que já foi comprado) e R$ 350 mil para construção de uma praça no povoado Mangueiras (valor já empenhado).


Na entrevista ao radialista Rosalvo Soares, na FM Itabaiana, Márcio Macêdo afirmou que tem pautado sua atuação legislativa na “defesa do Brasil e a serviço dos sergipanos”. “Tenho me dedicado muito ao meu mandato. O povo de Sergipe foi muito generoso comigo e eu trabalho diuturnamente para honrar esta confiança. Tenho tido uma atuação intensa. Fiquei entre os 150 parlamentares mais atuantes do Congresso, pelo segundo ano consecutivo. Sou vice-líder do meu partido. Milito em duas importantes comissões, a de Constituição, Justiça e Cidadania e a de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável. Foi da minha autoria a única emenda de bancada autorizada para Sergipe nos últimos três anos, que foi R$ 13 milhões direcionados para a Universidade Federal de Sergipe. Tenho também emendas individuais para, praticamente, todos os municípios sergipanos”, disse. 


Sobre o processo de eleições diretas do PT, o deputado, que é candidato a presidente estadual, destacou a importância desta iniciativa, que é exclusiva do Partido dos Trabalhadores. “São os militantes que elegem seus presidentes pelo voto direto. Não tem um cacique ou um dono que toma conta do partido. Essa é uma experiência inovadora na política brasileira. É por isso que estamos vivenciando este momento de eleição interna no país inteiro. Isto revitaliza, discute e dá vida ao partido”, ressaltou. 


Márcio frisou que não tem qualquer “ambição pessoal em ser presidente do PT”. “Não sou candidato a presidente do PT para aparelhar o partido ou colocá-lo debaixo do braço para ficar a serviço do meu projeto pessoal. Encaro a disputa à presidência do PT como uma tarefa política, porque 44 diretórios municipais do PT, lideranças como Marcelo Déda, José Eduardo Dutra, Conceição Vieira e Silvio Santos, além da maioria da militância entenderam que neste momento histórico, o partido carece de um presidente que tenha um perfil conciliador, que possa aglutinar o partido, que possa trabalhar para unificar o PT e enxergaram em mim as condições objetivas para desempenhar este trabalho”, afirmou. 


O parlamentar frisou ainda que as divergências internas do PT são naturais e que a existência de quatro candidaturas para a presidência estadual do partido faz parte da história da legenda. “Haveremos de ter maturidade para fazer a disputa, mas depois da eleição, nos reuniremos, para juntos unificarmos o partido para enfrentar os desafios do futuro”, disse.


À rádio Capital do Agreste, o parlamentar também falou sobre o PED e ressaltou sua disposição em trabalhar pela unidade dentro do PT. Sobre as eleições estaduais em 2014, Márcio voltou a afirmar que o partido apóia a pré-candidatura do governador em exercício Jackson Barreto (PMDB), a quem o PT fará duas solicitações: “defender o legado dos oito anos de governo de Marcelo Déda e dar prosseguimento às mudanças realizadas no Estado em benefício do povo sergipano”. O deputado também negou que haja qualquer desentendimento entre o PT e o PMDB. Afirmou ainda que Jackson Barreto tem desempenhado com correção a interinidade da gestão, seguindo o projeto definido pelo governador licenciado Marcelo Déda.


Após as entrevistas, Márcio Macêdo fez uma breve participação na Assembleia Geral do Consórcio de Resíduos Sólidos do Agreste Central Sergipano, que ocorria na Câmara de Vereadores de Itabaiana. O deputado se reuniu ainda com a vereadora Ivoni (PMDB) e com liderança Rose, da Coordenadoria de Autonomia da Mulher. Em todas as atividades, o parlamentar foi acompanhado do presidente do PT na cidade, Gilmar Passos, e do vice-presidente da legenda, Naldinho. 



LEIA TAMBÉM:














 

Nenhum comentário:

Postar um comentário