quinta-feira, 5 de setembro de 2013

Sergipe praticamente universaliza acesso à energia elétrica

Em 2010, Sergipe passou a ter 99,2% da população em domicílios abastecidos com energia elétrica, 89% com água encanada e 97% com coleta de lixo. Estes e outros dados a respeito das condições de habitação dos sergipanos constam na nota técnica sobre o Atlas Desenvolvimento Humano Municipal 2013, levantada e divulgada nesta semana pelo Governo do Estado, por meio do Observatório de Sergipe.
 
De acordo com a nota técnica, a habitação é uma das dimensões que compõem o Atlas de Desenvolvimento Humano para o Brasil, publicado pelo PNUD em 2013. Cada dimensão compreende diversos indicadores que compõem a publicação, sendo que a dimensão habitação é composta por sete indicadores e apresentar os aspectos dos domicílios brasileiros, com suas características, infraestrutura e serviços ofertados à população residente nestes domicílios.

É com base nestes dados que Sergipe vem se destacando entre os estados do Nordeste em alguns indicadores da dimensão habitação, segundo o superintendente de Estudos e Pesquisas da Seplag, Marcel Resende. “O Estado está apresentando um dos melhores índices da região, principalmente os da oferta de água encanada, banheiro e água encanada e o serviço de coleta de lixo à população residente nos domicílios. Nestes indicadores, o estado está em 2ª colocação no Nordeste, atrás somente do Rio Grande do Norte”, ressalta.

Energia elétrica
Sergipe praticamente universalizou o acesso à energia elétrica, ao atingir, em 2010, 99,2% de cobertura domiciliar. O Programa Luz para Todos, do Governo Federal, com contrapartida do Governo do Estado e das concessionárias, é o principal responsável pelo êxito alcançado.
“Em 2010, o percentual de população em domicílios com energia elétrica chegou a uma taxa de cobertura de 99,2%, estando todos os municípios sergipanos no patamar acima de 93% de população coberta com o serviço, sendo que Itabaiana superou Aracaju com 99,92%”, revela o diretor de Geografia e Cartografia da Seplag, Marcio Reis.

Água encanada
Em duas décadas, cresceu em 51,7% a população em domicílios com água encanada. É a segunda maior cobertura da Região Nordeste. Aracaju é o município do estado com a maior taxa de domicílios com água tratada, 99,23%, em 2010, segundo o diretor de Geografia e Cartografia da Seplag, Marcio Reis.

“Em 2010, foi registrada diminuição das desigualdades na oferta do serviço de água encanada para a população. Sendo assim, nenhum município sergipano apresentou menos que 50% da população em domicílios coberta com a oferta de água encanada neste ano, sendo o maior em Aracaju com 99,23%. Ao todo são 21 municípios do estado que possuem mais de 90% da sua população com a oferta de abastecimento de água encanada em seus domicílios”, ressalta o diretor de Geografia e Cartografia.

Coleta de lixo
No que se refere à higiene, Sergipe também foi destaque quando se trata de coleta de lixo. Em 2010, Sergipe passou a ter 97% da população em domicílios cobertos com coleta de lixo, aumento 33,5% em duas décadas e também se classificando, neste quesito, no segundo lugar da região Nordeste.

“Em Sergipe os municípios que se destacam na coleta de lixo são Pacatuba, Santa Rosa de Lima, São Francisco, Rosário do Catete e Cumbe, que tiveram 100% de sua população urbana coberta”, revela o superintendente de Estudos e Pesquisas da Seplag, Marcel Resende.

Sergipe praticamente universalizou o acesso à energia elétrica, ao atingir, em 2010, 99,2% de cobertura domiciliar. O Programa Luz para Todos, do Governo Federal, com contrapartida do Governo do Estado e das concessionárias, é o principal responsável pelo êxito alcançado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário