segunda-feira, 9 de setembro de 2013

Municípios do semiárido sergipano serão contemplados com sistemas de abastecimento d’água

O Estado de Sergipe terá 20 municípios do interior contemplados com o novo sistema simplificado de abastecimento de água. A iniciativa faz parte do programa federal “Água Para Todos”, que vai construir poços em comunidades rurais afetadas com a estiagem ou com o baixo número de precipitação de chuvas.

A assinatura do convênio ocorre amanhã (10), em solenidade no Palácio do Planalto, com a presença da presidente Dilma Rousseff. O presidente da Federação dos Municípios do Estado de Sergipe (Fames), Antônio Rodrigues, o Tonhão, também estará presente no evento. “É uma ação importante, pois serve de alívio para os municípios que continuam sofrendo com os efeitos da seca”, avaliou.

O recurso do programa – somente nesta primeira etapa, os investimentos são da ordem de R$ 134 milhões, beneficiando 300 municípios do Nordeste brasileiro -, será repassado diretamente para as prefeituras. A previsão é que, em setembro, os convênios a serem operacionalizados via Codevaf, Denocs e Sudene, sejam assinados pelas prefeituras, seguindo-se pelo repasse dos recursos e a execução da obra.

Aquidabã, Canhoba, Canindé do São Francisco, Carira, Cedro de São João, Cumbe, Feira Nova, frei Paulo, Gracco Cardoso, Macambira, Nossa Senhora Aparecida, Nossa Senhora das Dores, Monte Alegre, Pedra Mole, Poço Verde, Propriá, Pinhão, Ribeirópolis, Simão Dias e Tobias Barreto foram os município sergipanos contemplados. Cada um receberá recurso suficiente para a construção de três sistemas.

ABASTECIMENTO
O sistema de abastecimento d’água simplificado vai captar água de um poço ou de uma barragem para o fornecimento de água por meio de um pequeno sistema adutor até às residências de moradores em comunidades com até 50 famílias.

Os municípios podem ser contemplados de duas até seis unidades, a depender do número de pessoas atendidas. O Comitê responsável pelo programa informou que as prefeituras que fizerem adequações nos valores dos projetos, a exemplo de ampliações, deverão arcar com os custos excedentes ao destinado a cada sistema.



Leia também:












 

Nenhum comentário:

Postar um comentário