terça-feira, 3 de setembro de 2013

Jackson diz que Déda não está preocupado com intrigas


Aconteceu no final da tarde de ontem a tão esperada reunião entre o governador Marcelo Déda (PT) e o governador em exercício Jackson Barreto (PMDB). De acordo com Jackson a conversa foi tranquila, sem stress, e foram debatidos temas políticos e administrativos – incluindo a redução de despesas no governo. JB informou ainda que o governador está focado no seu tratamento de Saúde e não está preocupado com intrigas políticas.
 
“Foi uma conversa amena, mas o importante é que vamos voltar a conversar sempre, estamos com os ponteiros acertados. Senti o governador muito voltado ao seu tratamento de Saúde, senti que ele não está preocupado com questões menores, nem preocupado com as intrigas. Aliás, sinto que Déda está vacinado contra as intrigas e que está acompanhando meu esforço para administrar o estado”, disse Jackson.

O governador em exercício tomou café com Marcelo Déda, a primeira-dama Eliane Aquino e uma das filhas de Déda, e disse que a tônica da conversa foram as questões administrativas, as dificuldades e a situação financeira do estado e do país. Na pauta a redução de despesas e a necessidade de algumas medidas.

Déda também elogiou o comportamento de Jackson à frente do governo, afirmando que tem observado as suas ações. O petista destaco a importância de que os dois se mantivessem afinados e pediu que Jackson mantivesse conversas com ele, pois o considera um amigo.

Política
Jackson afirmou ainda que apresentou uma análise política ao governador, onde mostrou a necessidade de maior somação do grupo. Segundo JB, há muitos projetos individuais se sobrepondo ao projeto maior. “O que temos que fazer é todos nós da base aliada trocarmos ideias juntos. Temos a responsabilidade de que o projeto é comum”, falou o governador em exercício.

Durante a conversa o governador Marcelo Déda disse que estava com vontade de viajar para Aracaju e que isso poderia acontecer neste fim de semana. Questionado sobre possíveis demissões no primeiro escalão do governo, JB disse que não viajou a São Paulo para falar sobre cargo A ou B, para discutir sobre um cargo específico. “Não se faz viagem para São Paulo para discutir um cargo, não é isso que vai resolver as finanças e os problemas do Estado”, afirmou.

UFS
Déda também se mostrou muito satisfeito com o anúncio da instalação de um campus da Universidade Federal de Sergipe (UFS) no sertão sergipano. O governador considerou uma vitória histórica, um verdadeiro “gol de placa”, e que a juventude da região não iria esquecer jamais o feito de Jackson.

Nenhum comentário:

Postar um comentário