sábado, 14 de setembro de 2013

Governo pretende criar Jardim Botânico de Sergipe



O Governo de Sergipe, através da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh), trabalha na criação de um Jardim Botânico. Neste sentido, realizará o Seminário Jardim Botânico de Sergipe: viabilidade e estratégias para a sua criação, no próximo dia 20 de setembro, às 9h, no Auditório do Centro de Ciências Exatas e Tecnologia – CCET, na Universidade Federal de Sergipe.
 
O evento contará com as presenças do secretário de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos, Genival Nunes, do presidente da Rede Brasileira de Jardins Botânicos, João Neves Toledo, professores e pesquisadores da UFS e representantes governamentais e não governamentais. Tem o apoio da Rede Brasileira de Jardins Botânicos (RBJB) e da UFS.

De acordo com a superintendente de Biodiversidade e Floretas da Semarh, Valdineide Barbosa, a Semarh, com apoio da UFS, realizou os estudos preliminares na Mata do Pratinha em São Cristóvão, concluindo pela viabilidade do Jardim Botânico. Aproveitou o potencial natural, histórico e cultural do local.

“Os Jardins Botânicos tem papel fundamental na conservação da biodiversidade com  repartição de benefícios para a sociedade, contribuindo para o desenvolvimento de pesquisas, educação ambiental, ecoturismo e desenvolvimento regional”, afirmou, Valdineide.

Jardim Botânico

 O Jardim Botânico é definido pelo Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama) como área protegida, constituída em seu todo ou em parte, por coleções de plantas vivas cientificamente reconhecidas, organizadas, documentadas e identificadas, com a finalidade de estudo, pesquisa e documentação do patrimônio florístico do País, acessível ao público no todo ou em parte, servindo à educação, à cultura, ao lazer e à conservação do meio ambiente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário