sexta-feira, 13 de setembro de 2013

Doações de sangue para atendimento da rede hospitalar estão reduzidas


Diante do aumento dos atendimentos transfusionais na rede hospitalar, o Centro de Hemoterapia de Sergipe (Hemose) espera ampliar o estoque de sangue. Conforme dados do serviço de Coleta, o registro na redução das doações é de cerca de 30% para todos os tipos de sangue: A, B, O e Ab positivo e negativo. 

 Para melhorar o estoque, o Hemose desenvolve campanhas de doação com parceiros de várias instituições das iniciativas pública e privada. O cronograma de setembro começou com a campanha do Movimento de Pequenos Agricultores (MPA) e a Igreja Adventista do Sétimo Dia, esta última programada para acontecer durante todos os sábados do mês. 

“O ideal é coletar, no mínimo, 120 bolsas de sangue diariamente mas, ainda, não atingimos esse número. É importante lembrar que, o sangue coletado no Hemocentro de Sergipe atende pacientes oncológicos, portadores de doenças hematológicas, renais e vítimas de atropelamento, acidentes com automóveis e motocicletas que sofrem grandes sangramentos”, detalha a gerente da Coleta, Florita Aquino. 

Para ser um doador de sangue é necessário ter entre 16 a 67 anos, pesar acima de 50 quilos e apresentar um documento original com foto válido em todo território nacional (como carteira de identidade ou carteira de habilitação). Para os menores de 16 e 17 anos, é necessário a autorização do pai, mãe ou responsável legal, assim como cópias dos documentos de identificação com foto.

O Hemose está localizado na Avenida Tancredo Neves, vizinho ao Hospital de Urgência de Sergipe (Huse). A coleta de sangue funciona diariamente de segunda à sexta-feira, de 7h30 às 17h, e aos sábados e feriados de 8h às 12h. Os telefones de contato do Serviço Social do Hemose são: (79) 3225-8000 e 3259-3174. Colabore!

Nenhum comentário:

Postar um comentário