terça-feira, 17 de setembro de 2013

Diretoria do Banese não consegue mudar posição da PMA



A Diretoria Executiva do Banese foi recebida na manhã desta terça-feira, 17, pelo prefeito de Aracaju, João Alves. Durante o encontro, a Diretoria do Banese fez uma explanação dos números do Banco, mostrando os impactos que serão sofridos pela instituição com a perda da conta da prefeitura da capital, a fim de sensibilizar os gestores do executivo municipal, mas, segundo a presidente do Banese, Vera Lúcia de Oliveira, o prefeito e o secretário de Finanças, Nilson Lima, não recuaram na decisão de retirar seus recursos do Banco do Estado de Sergipe.

A presidente do Banco demonstrou preocupação com o leilão da conta bancária da PMA. “O edital da prefeitura deixa claro que além da folha de pagamento dos servidores a arrecadação dos tributos estaduais e municipais ficará centralizada na instituição vencedora da licitação”, disse Vera Lúcia de Oliveira.

De acordo com ela, mesmo sem compreender o grau de insatisfação da prefeitura municipal de Aracaju com o Banese, a Diretoria Executiva do Banco respeita a posição do executivo municipal de transferir seus recursos e relacionamento para outra instituição, embora seja o Banese o Banco que possui a maior rede de atendimento do Estado.

“O Banese agradece a reação positiva de toda a sociedade em prol do patrimônio dos sergipanos que preferem um Banco da nossa terra, que esteja próximo e mantenha uma relação mais que comercial com as pessoas, e que valorize as tradições e manifestações culturais do nosso Estado e direcione toda sua riqueza para contribuir com o crescimento das pessoas, das empresas, e fortalecendo a nossa economia”, disse a presidente

Nenhum comentário:

Postar um comentário