segunda-feira, 30 de setembro de 2013

“Decisões estaduais do PSB serão respeitadas”, diz Valadares Filho


MAX AUGUSTO 

Em conversa com o JORNAL DA CIDADE / BLOG DO MAX, o presidente do diretório estadual do PSB em Sergipe, deputado federal Valadares Filho, afirmou que as decisões regionais sobre as alianças em 2014, serão respeitadas pelo Diretório Nacional. O questionamento foi levantado após o anúncio do PSB de entregar os ministérios que possui, deixando transparecer que pretende mesmo lançar candidato à Presidência, nas eleições do próximo ano.



Naturalmente que o Diretório Nacional pode opinar, conversar, mas não haverá exigências e sempre serão respeitadas as decisões dos diretórios estaduais. Isso ficou claro na última reunião e em outras conversas que nós e lideranças de outros estados já tivemos com Eduardo Campos. Ou seja, quem conduzirá as alianças estaduais serão os diretórios estaduais”, garantiu o deputado.



Questionado se poderá haver pressão para que o partido possa apresentar candidaturas majoritárias no estado, Valadares Filho também refutou completamente a hipótese, dizendo que isso não acontecerá em Sergipe nem em qualquer lugar do Brasil, já que a condução plena do processo político será feita pelos diretórios estaduais.



Governo

Sobre o fato do senador Valadares estar sendo citado em pesquisas para o governo do estado, ele disse que o partido nunca discutiu uma candidatura de Valadares em 2014. O senador tem dito que não é candidato. Ele fica feliz com as pesquisas e reconhecimento do povo sergipano, pelo excelente mandato e grande trabalho quando governador. Isso não o anima a lançar uma candidatura. O senador já disse isso e eu, como presidente estadual do PSB, posso reafirmar que ele não será candidato em 2014”, explicou



No momento adequado, falou o deputado, o PSB vai buscar seu espaço, levando em conta o tamanho que tem: dez prefeitos, cem vereadores, um senador, 17 vices prefeitos. Ele também foi direto ao afirmar que no momento adequado o PSB pretende indicar o vice-governador, mas ressalta que isso será pleiteado de forma tranquila e respeitosa, visando somar.



Valadares Filho também descartou ser o indicado para compor como vice uma chapa para o governo do estado em 2014. Segundo ele é uma reivindicação da Direção Nacional que ele possa continuar em Brasília, ajudando o partido. “A nossa prioridade será a reeleição de deputado federal. Temos nomes valorosos dentro do partido que podem contribuir para a composição da chapa majoritária”, continuou.



Chapa

O presidente do PSB em Sergipe também explicou que o partido está se preparando para o pleito do próximo ano: “Estamos também formando uma chapa de deputados estaduais e apresentaremos a nossa pré-candidatura à reeleição como deputado federal. Nossos objetivo no próximo ano é eleger entre dois e três deputados estaduais, para representar as bandeiras do partido na Assembleia Legislativa. Hoje temos as candidaturas de Elber Batalha, Luciano Pimentel, Sukita, Edney Caetano, Uíta Barreto e Toinho de Dorinha. São as seis candidaturas que estão postas no partido”.



Sem conversa

Valadares Filho também negou que esteja havendo conversas políticas com outros grupos que não seja a base aliada do governo. “Jackson Barreto só não terá nosso apoio se não for candidato. Ele confirmando a sua pré-candidatura, terá o nosso apoio em 2014”, disse ele, ressaltando que conversas políticas e administrativas podem acontecer, e que neste sentido o senador Valadares já teve algumas conversas com o prefeito João Alves Filho – sendo que elas não tiveram cunho político, mas sim administrativas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário