quinta-feira, 22 de agosto de 2013

Samuel: Governo negocia com categorias e esquece servidores em geral

O deputado estadual Capitão Samuel Barreto (PSL) ocupou a tribuna da Assembleia Legislativa para defender que o governo do Estado negocie com os servidores públicos, mas que envie para a AL o projeto de reajuste linear para o funcionalismo de uma forma geral. Samuel acha importante a manutenção do diálogo, mas repudiou o acordo com algumas categorias em detrimento das demais.


Ao recordar que por várias vezes participou de manifestações na porta do Palácio de Despachos, Samuel disse que foi um avanço a abertura do diálogo pelo governo. “As negociações estão acontecendo e isso é importante. Agora algumas decisões estão revoltando os trabalhadores. Nos anos anteriores, o governo anunciava o reajuste linear dos servidores e algumas categorias negociavam alguns acordos específicos depois. Esse ano fizeram o contrário”, reclamou.


Em seguida, o deputado disse que tem servidores recebendo menos que o salário mínimo. “Que o governo continue negociando, dialogando. Agora ele precisa anunciar um reajuste linear para depois tratar com cada categoria especificamente. Não estou aqui questionando o reajuste dos professores. Eles estão de parabéns pela luta do Sintese”.


Por fim Samuel disse que o Sintese (Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado de Sergipe) não tem culpa alguma. “Agora é certo o governo fazer uma negociação apenas com os professores? E quando eles chegarem na escola para dar aula? Como vai se comportar a merendeira? E o vigilante? E a auxiliar de limpeza que estão ganhando menos que o salário mínimo? Eu não entendo, não consigo enxergar uma lógica em tudo isso”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário