sexta-feira, 9 de agosto de 2013

Jackson visita presidente da Assembleia e diz que terá governabilidade


Por MAX AUGUSTO 

No final da manhã de ontem o governador em exercício, Jackson Barreto (PMDB), visitou a presidente da Assembleia Legislativa, deputada Angélica Guimarães (PSC). Jackson disse foi cumprimentar a presidente e deixou claro que deseja manter um ambiente de cordialidade, respeito e entendimento. Na ocasião ele também entregou projetos do governo, entre os quais o que autoriza a abertura do concurso para a Polícia Militar. Em conversa com jornalistas ele afirmou que o poder Executivo terá governabilidade e que continua conversando com deputados, com o objetivo de ampliar a bancada governista - e obter maioria na Assembleia.
 
“Essa questão de maioria é questão de bastidores, não conversei com a presidente sobre isso, vim tratar da relação do Executivo com o Legislativo, agradecer a Assembleia pelas propostas do governo, que tem sido aprovadas e apresentar novos projetos de interesse do povo sergipano”, disse o governador em exercício.

Ainda assim ele confirmou que vem dialogando com deputados estaduais: “As conversas estão acontecendo, acredito que não teremos dificuldades na aprovação de projetos, não teremos dificuldades na governabilidade. Quero ter uma convivência pacífica com o legislativo, compreender o meu papel e o do Legislativo.
Estou cuidando de projetos de interesse do povo sergipano, não de interesses eleitorais, e estou sim conversando com alguns parlamentares para garantir governabilidade”, esclareceu.

Finanças
Ainda na conversa com jornalistas, ao ser questionado mais uma vez sobre o reajuste dos servidores estaduais, o governador em exercício reafirmou que a situação financeira do estado é difícil, citando a queda de 17% no FPE – o equivalente a R$ 47 milhões. “Estamos vivendo uma situação difícil no país, até o estado de Minas Gerias, que é forte, está ultrapassando a Lei de Responsabilidade Fiscal, por isso precisei ir à Brasília, acampei lá, para garantir o pagamento dos servidores”, falou Jakcson.

Ele ainda disse que tem mantido conversas com vários setores e categorias do serviço público estadual, e falou que as categorias estão sentindo a boa vontade do governador, que tem sido transparente, mostrando os números das finanças. “Não posso fazer demagogia, não posso enganar o servidor”, concluiu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário