sexta-feira, 23 de agosto de 2013

Hospital Regional de Propriá registra alto número de atendimentos

O Hospital Regional São Vicente de Paula, em Propriá, fechou o mês de julho com 6.013 usuários oriundos de cidades da região do Baixo São Francisco e parte de Alagoas. No total, foram 16.390 atendimentos no Pronto Socorro (envolvendo procedimentos ambulatoriais, atendimentos de enfermagem, atendimento de urgência e cirurgias ambulatoriais) e 10.509 procedimentos clínicos (entre consultas, exames e administração de medicamentos).

Estes números revelam a busca constante de pacientes da região ribeirinha pelo atendimento ambulatorial na unidade hospitalar que é destinada aos atendimentos de urgência e emergência.

"Os pacientes alegam a deficiência nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) dos municípios ribeirinhos de uma forma geral, destacando o longo tempo de espera para marcar exames e consultas. Por isso, é constante o fluxo de ambulâncias de municípios vizinhos. O Hospital de Propriá recebe muitos usuários enviados pelas prefeituras de São Brás, Porto Real do Colégio, Traipu. Os casos de alta complexidade são regulados para o Hospital de Urgência de Sergipe (Huse)", comenta o superintendente Paulo Campos.

Para o secretário de Saúde de Propriá, Adelmo Macedo, a causa da procura pelo Hospital Regional de Propriá se dá pela estrutura da unidade, adensamento tecnológico, corpo de profissionais e praticidade na realização dos procedimentos.

"Cabe a cada gestor municipal orientar seus munícipes a procurar a atenção básica para a realização dos exames e consultas. Cada Unidade Básica de Saúde também possui estrutura e equipes do Programa Saúde da Família para dar o atendimento. A atratividade do atendimento no Hospital de Propriá é reflexo da qualidade dos profissionais e dos serviços prestados", afirma.

Maternidade

A Maternidade do Hospital Regional de Propriá, por sua vez, tornou referência no atendimento às gestantes da região. No mês de julho, foram registrados 119 partos, sendo 72 normais e 47 cesáreas.

No último mês de julho, a maternidade do Hospital Regional São Vicente de Paula implantou o Cartório de Registro Civil, que emite a Certidão de Nascimento às crianças nascidas no local. Após o nascimento, de imediato, as crianças já são beneficiadas com vacinas BCG e de Hepatite e, agora, passam a receber a Certidão de Nascimento gratuitamente.

Os casos de alta complexidade são regulados para a Maternidade Nossa Senhora de Lourdes, em Aracaju.

Nenhum comentário:

Postar um comentário