terça-feira, 13 de agosto de 2013

“Estão querendo usar a CPI como trampolim para as eleições de 2014”, diz Valdir


O vereador Valdir Santos (PTdoB) usou a tribuna da Câmara Municipal de Aracaju (CMA) nesta terça-feira, 13/8, para questionar a abertura da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso). A CPI é uma iniciativa do vereador Renilson Félix (DEM) que questiona uma suposta bi-tributação da tarifa no consumo de água.
 
“Não é competência desse Parlamento criar a CPI. A Deso é uma empresa estadual, portanto, cabe a Assembléia Legislativa de Sergipe fazê-la. A concessão pertence a Aracaju, porém, o serviço é explorado pelo Estado”, considerou Valdir.

De acordo com o parlamentar, tem vereador que quer gerar polêmica com a abertura da CPI para se promover politicamente. “Estão querendo usar a CPI como trampolim para as eleições de 2014. Abertura de Comissão é coisa séria, precisa estar bem fundamentada. Não vi argumentos sólidos nem legais para justificar a CPI. Não podemos expor este Parlamento dessa maneira”, avaliou.

Na opinião de Valdir a CMA tem outras cobranças sociais a serem feitas e que, de fato, são da esfera municipal. “Existem problemas em setores aos quais os serviços foram municipalizados. A exemplo da saúde, segurança e educação que necessitam ter mais qualidade. Vamos investir nossos argumentos e cobranças a segmentos em que o Executivo precisa melhorar a prestação dos serviços”, reforçou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário