terça-feira, 30 de julho de 2013

Ministro da Integração Nacional libera R$ 5 milhões para municípios sergipanos afetados pela seca

Os municípios do alto e médio sertão sergipano que sofrem com a seca serão beneficiados, pelo governo federal, com R$ 5 milhões. A proposta foi acertada nesta terça-feira, 29, durante reunião realizada no Ministério da Integração Nacional, em Brasília, com o presidente da Federação dos Municípios do Estado de Sergipe (Fames) e prefeito de Monte Alegre, Antônio Rodrigues, o “Tonhão”, e os demais presidentes das federações municipalistas do Nordeste. O encontro foi mediado pelo secretário de Políticas de Desenvolvimento Regional, Sérgio Cacho. “O ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra, autorizou a liberação de R$ 300 milhões a serem distribuídos para as cidades do Nordeste afetadas pelo período de estiagem”, declarou Cacho.

Tonhão apresentou os pleitos de todos os prefeitos sergipanos que estão com os seus municípios em situação de emergência e discutiu junto com os presidentes municipalistas os termos para a formalização do convênio entre o Ministério e os municípios visando a liberação dos recursos que serão disponibilizados para cada prefeitura do nordeste. “Esse dinheiro servirá para a construção de sistemas simplificados de abastecimento de água em cada cidade conveniada”, detalhou.

O presidente da Fames ressaltou que essa conquista foi em decorrência da união dos prefeitos do nordeste e das diversas peregrinações que os gestores fizeram à capital federal. “Estivemos sempre reunidos discutindo a melhor forma de ajudar a população afetada pela seca. Neste ano, tivemos um encontro em Canela, no Rio Grande do Sul, no dia 19 de abril, e uma mobilização que aconteceu em Alagoas, no dia 30 de maio. Após isso, viemos à Brasília, onde tivemos várias reuniões com Fernando Bezerra e com os técnicos. Hoje chegamos a um resultado positivo. Foi batido o martelo pelo ministro da Integração Nacional, através do secretário Sérgio de Cacho, para que sejam distribuídos R$ 300 milhões para os municípios do Nordeste”, comemorou.

Segundo Tonhão, 14 municípios sergipanos serão contemplados. “A quantidade de dinheiro para cada prefeitura será de acordo com a necessidade e a extensão territorial da cidade. Vamos obedecer esses critérios que já foram estabelecidos. É preciso deixar claro que os recursos não serão destinados diretamente as prefeituras. Eles serão distribuídos pelos órgãos do governo federal: Sudene, Dnocs e Codevasf, que celebrarão os  Termos de Compromisso com cada município e se responsabilizarão pelo monitoramento e fiscalização”.

“O próximo passo agora será nos reunirmos com esses três órgãos que vão gerenciar esses recursos para que o ministro da Integração Nacional possa então fazer um ato de solenidade de apresentação desse projeto, para dar conhecimento de como serão aplicados atendendo a necessidade desta população que convive com a seca há anos. Agora faço um apelo aos prefeitos do meu estado para que obedeçam os critérios e busquem estes recursos”, alertou o presidente da Fames.

Leia também:













OAB divulga resultado final do X Exame: 28,08% de aprovação 

Nenhum comentário:

Postar um comentário