segunda-feira, 15 de julho de 2013

Informações sobre voos oficiais estão disponíveis no portal da FAB

A partir desta segunda-feira, as informações relativas aos voos em aeronaves da Força Aérea Brasileira (FAB) passam a ficar disponíveis para consulta pública na seção “Acesso à Informação/Registro de Voos” do portal da instituição na internet (www.fab.mil.br/acessoainformacao).

No portal, o cidadão pode obter informações sobre os voos realizados em atendimento a autoridades. Estarão disponíveis dados referentes à autoridade apoiada, trajeto, data, horário de decolagem e pouso do voo, além do motivo da solicitação da aeronave, conforme previsto no Decreto n° 4.244, de 22 de maio de 2002. A página também veiculará o total de passageiros previstos para embarque nas aeronaves, com base na informação prestada pela autoridade solicitante do voo.


Por razões de segurança, as informações sobre os voos serão inseridas na página da FAB até às 18h do primeiro dia útil seguinte ao término da viagem. Nos casos em que a missão oficial for composta de mais de um trecho, a informação virá a público no primeiro dia útil após a conclusão do último trecho voado.

 

A medida atende ao disposto na Lei nº 12.527/12 (Lei de Acesso à Informação) e decorre dos entendimentos firmados no último dia 5 de julho entre os ministros da Defesa, Celso Amorim, e da Controladoria-Geral da União (CGU), Jorge Hage, com apoio do Comando da Aeronáutica.

Unidades de Comunicação Social do Ministério da Defesa, Controladoria-Geral da União (CGU) e Comando da Aeronáutica.




Leia também:

Plenário pode concluir hoje votação de projeto dos royalties

 

Médicos organizam protestos em pelo menos 13 estados

 

Parcelamento de débitos fiscais pode ser feito pela Internet

 

Emerson: "Políticas públicas precisam ser despartidarizadas"

 

PEC da Redução da maioridade é defendida por Moura na Câmara dos Deputados

 

Secretários Municipais de Nossa Senhora do Socorro são condenados por improbidade administrativa

 

Ex-prefeito de Itabaiana é condenado por improbidade administrativa

 

Informações sobre voos oficiais estão disponíveis no portal da FAB

 

Código Eleitoral completa 48 anos em vigor

 

Jackson discute obra histórica do Canal de Xingó com o presidente da Codevasf, Elmo Vaz

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário