quinta-feira, 20 de junho de 2013

João Alves determina redução da tarifa dos ônibus

A Secretaria Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) de Aracaju e o vice-prefeito José Carlos Machado afirmam que vêm se empenhando na execução dos estudos que reduz a tarifa de ônibus, desde o dia 31 de maio, ou seja, assim que o Governo Federal anunciou uma Medida Provisória que passaria a valer em 1º de junho, desonerando o PIS/COFINS através da Medida Provisória nº 617/2013 publicada no Diário Oficial da União, que reduzia a zero as alíquotas dos impostos para as empresas de transporte coletivo em todo o território nacional.


Desta forma, diversas reuniões entre os técnicos e gestores da SMTT e o vice-prefeito José Carlos Machado aconteceram para que uma nova planilha de adequação a Medida Provisória fosse feita. Assim, ontem, depois de finalizada a planilha, José Carlos Machado comunicou e enviou a João Alves Filho a conclusão dos estudos. O prefeito depois de analisá-la, determinou que a Secretaria Municipal de Governo (Segov) providenciasse, com extrema urgência, um documento com o novo Projeto de Lei para ser enviado à Câmara de Vereadores, visando a adequação do novo valor. 


"Depois dessa Medida Provisória, de fato, a prefeitura de Aracaju tinha que reavaliar os custos, visto que se há redução de impostos, a população tem que ser beneficiada. E com certeza o prefeito João Alves Filho melhorará e muito a mobilidade urbana da capital, mas é bom ressaltar que isso não se faz de uma hora para outra, mas o melhor para Aracaju será feito", assegurou José Carlos Machado.


Oferecer um serviço de qualidade e cômodo para os usuários do transporte público da capital sergipana: este é o grande desejo do prefeito João Alves Filho. Por esta razão, na tarde de hoje, diretamente de São Paulo, afirmou que autorizou a redução do preço das tarifas de ônibus.


"Não estou, nem nunca estive satisfeito com o sistema de transporte público de Aracaju e assim que negociarmos com o Governo do Estado e tivermos a anuência daremos início à licitação do transporte coletivo, porque os aracajuanos não podem sofrer esperando 40 minutos por um ônibus sem conforto algum", afirmou o prefeito João Alves Filho. 


Pensando assim, o prefeito garantiu também que amanhã, assim que chegar a Aracaju irá assinar o Projeto de Lei, diminuindo em R$ 0,10 o preço das passagens de ônibus. "O nosso objetivo é que Aracaju tenha um dos melhores sistemas de transportes públicos do país. Além disso, os aracajuanos em breve, terão 834 abrigos que realmente vão proteger do sol e da chuva. Mas para que esse tudo aconteça, eu preciso respeitar o ritual legal que cada processo desses nos impõe", disse o prefeito.

O secretário de Comunicação Social, Carlos Batalha, esclarece que esta decisão não tem nenhuma relação com os protestos anunciados para a tarde desta quinta-feira, 20. "O prefeito João Alves Filho e o vice-prefeito, José Carlos Machado, não estão interessados em ser o pai da redução da tarifa e, sim, extremamente preocupados com o bem estar da população, porque eles possuem espírito público". 



Leia também:

 

Movimento gay apoia mudança na Constituição para garantir casamento civil igualitário

 

Transporte público deverá ficar livre do pagamento de impostos

 

Rio de Janeiro também reduz passagem

 

Prefeito e governador de São Paulo anunciam redução de tarifa para R$ 3

 

Juiz Ruy Pinheiro toma posse como Desembargador do TJSE

 

Zezinho vai a Brasília em busca de subsídios para CPI da telefonia móvel

 

João Alves determina redução da tarifa dos ônibus

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário