quarta-feira, 8 de maio de 2013

Prefeitura suspende festas e pode não pagar salário


A Prefeitura de Pirambu suspendeu alguns festejos e pode não pagar o salário dos servidores, este mês. A festa antecipada do Dia das Mães, que seria realizada na próxima sexta-feira, foi o primeiro evento a ser cortado, mas pode sobrar tamém para a tradicional festa do São João antecipado, marcada para os dias 31/05, 01/06 e 02/06. O anúncio foi feito no início da tarde de ontem, pelo prefeito de Pirambu, Elinho Martins (PSC), durante entrevista na rádio Ouro Negro.


Na entrevista o prefeito advertiu que o município pode não pagar a folha de pessoal do mês de maio, por falta de dotação orçamentária, devido a não aprovação pela Câmara de Vereadores, do artigo sétimo que altera de 10% para 80% a capacidade de remanejamento, que foi reduzida pela Câmara de Vereadores.

“É lamentável que na administração anterior o prefeito tinha a capacidade de remanejamento de até 80%, após o resultado da eleição esse percentual que já havia sido aprovado foi reduzido para 10%, buscando inviabilizar a administração”, denunciou o prefeito.

Para Elinho, o que deixa transparecer é que, para os vereadores da oposição a administração tem que ser o quanto pior melhor, para que possam tirar proveito político, “esquecendo que, quem sofre com tudo isso é a população que deixa de ter a prestação dos serviços da Prefeitura que tem os recursos mais não tem a dotação orçamentária”.

Prolemas
Fazendo um balanço rápido dos primeiros 120 dias de sua administração, o prefeito lembrou que, quando assumiu a administração municipal, os funcionários estavam com dois meses de salário atrasado e hoje estão recebem em dia. Os alunos mal tinham a merenda escolar, hoje esses alunos têm três refeições ao dia. A saúde estava totalmente abandonada com um quadro nunca visto, hoje já compramos duas ambulâncias, equipamento os postos dentro do possível e o quadro de médicos estão normalizados.

Elinho citou também a retomada das obras do povoado Marimbondo que estava suspensa, a abertura do canal para a entrada dos barcos, a colocação de pedras na Avenida Oceânica, impedindo a avanço do mar, a reforma do entreposto de pesca em parceria com Colônia de Pescadores, além de outras ações.

Recursos 
Com relação aos recursos dos royalties que estão em disputa a prefeitura de Pirambu e Pacatuba, Elinho disse que o município vai continuar buscando aquilo que entender ser do município. “Não posso abrir mão de receita”, disse o prefeito, assegurando que já buscou entendimento com o prefeito de Pacatuba, para que se possa construir um entendimento que não traga prejuízo para nenhum dos municípios. “Estamos buscando um consenso”, frisou.

Salário
Quanto ao salário atrasado de alguns professores, referente ao mês de abril, o prefeito esclareceu que, o salário que está atrasado são de alguns professores, cerca de 22, que são contratados e como não tem dotação orçamentário não pode efetuar o pagamento, esclarecendo que os salários dos professores efetivos, inclusive de uma vereadora que é professora da rede, estão em dia, por se tratar de verba carimbada e que não pode ser aplicado em outra rubrica”.

O prefeito informou ainda que o transporte escolar até o momento continuar normalizado, mas corre também o risco de ser suspenso por falta de dotação orçamentária. Com relação a reclamação de que o numero de alunos alguma vezes é maior que o numero de vagas, Elinho lembrou que a disponibilidade do veiculo havia sido programado no ano passado, mas que vai verificar a situação para dar uma resposta e ver a possibilidade de uma ampliação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário